Paralisação teve início na noite de terça-feira (19), mas, segundo Sindicato Regional, Rio Claro não está sendo afetada

Laura Tesseti

Teve início às 22 horas de terça-feira (19) a greve dos Correios e a paralisação acontece em 20 estados e também no Distrito Federal.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Correios, Telégrafos e Similares de Campinas e Região, a greve teve início e a paralisação dos profissionais é decidida particularmente.

“As reuniões são feitas e os funcionários decidem ou não aderir à paralisação. Em Rio Claro, até o momento, não temos a informação de funcionários parados, até o momento não foi possível enxergar o reflexo no município”, explica Hernandes Alves do Nascimento, responsável pela comunicação do SintectCas.

REIVINDICAÇÕES

Os trabalhadores reivindicam a contratação de novos funcionários e também a garantia dos direitos estabelecidos em um acordo coletivo que vigora há muitos anos. “Estamos pedindo urgentemente a contratação de mais funcionários, pois, como todos sabem, isso é uma questão que sempre discutimos. Estamos também tratando sobre o acordo coletivo que está sendo praticamente rasgado pelo presidente da empresa. Caem por terra convênios médicos e os empregados ainda são ameaçados com demissões”, finaliza.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia: