Laura Tesseti

A fonte luminosa construída na Praça dos Ferroviários, localizada na Avenida 7 entre as ruas 1 e 1-B, na região central de Rio Claro, foi colocada em funcionamento no dia 23 de dezembro de 2016, com 56 pontos de água e 168 pontos de luzes coloridas.

Segundo informações da antiga gestão, a fonte foi construída com uma base de concreto e ferragens, permitindo que o público pudesse passar sobre ela com segurança. Mas, já no mês de janeiro de 2017, o funcionamento do espaço foi paralisado. Na época, o JC entrou em contato com a prefeitura municipal, que respondeu por meio de sua assessoria de imprensa que “a fonte foi temporariamente interditada para manutenção, já que a praça foi inaugurada em dezembro do ano passado sem ter sido concluída. A empresa responsável pela construção ainda está terminando a obra”.

A Administração foi questionada recentemente sobre o possível religamento do espaço, que na época reuniu muitas pessoas devido ao calor do fim do ano, já que as altas temperaturas se fazem presentes nos meses atuais. E, segundo a assessoria, “na semana passada, a Prefeitura de Rio Claro, através das secretarias municipais de Esportes e Turismo (Setur), Segurança, Mobilidade Urbana e Defesa Civil e a de Cultura, esteve reunida com representante da empresa Estúdio Sarasá, responsável pela implantação da Fonte”.

Na oportunidade, a Administração teria apurado se as providências técnicas apontadas para o funcionamento regular da referida fonte foram tomadas pela empresa, bem como avançou com a discussão para definir como a área será disponibilizada à comunidade.

“Solicitamos ao Estúdio Sarasá que os serviços sejam concluídos dentro de um cronograma que nos possibilite reativar a fonte luminosa na primeira quinzena de dezembro deste ano e recebemos resposta positiva”, assinala o titular da Setur, Ronald Penteado. “O funcionamento da Praça dos Ferroviários, onde está a fonte, cabe à administração municipal definir alguns pontos. Daí a importância do trabalho em conjunto entre as secretarias”, finalizou o secretário.

Uso

Segundo a Secretaria Municipal de Esportes e Turismo, a forma como a população poderá usufruir da fonte ainda precisa ser discutida pelo poder público. De acordo com informações do secretário da pasta, tudo está sendo planejado com uma segurança adequada, mas os próximos passos ainda serão definidos.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Rio-clarense que mora nos EUA faz sucesso no TikTok