Autoridades políticas acompanharam a solenidade dessa terça-feira para o lançamento da exposição do exemplar da CF

Enquanto Fundação Ulysses Guimarães de Rio Claro prepara nova sede, exemplar original da Constituição Federal de 1988 estará exposto à população no Legislativo

Um dos apenas quatro exemplares originais da Constituição Federal de 1988, que está em Rio Claro no acervo da Fundação Ulysses Guimarães, ficará exposto na Câmara Municipal. Solenidade realizada nessa terça-feira (19), no plenário da Casa de Leis, inaugurou a exposição do exemplar com a presença de autoridades políticas. As outras três unidades originais estão expostas no Supremo Tribunal Federal (STF), no Senado Federal e no Arquivo Nacional, no Rio de Janeiro. O livro da chamada “Constituição Cidadã” foi assinado pelo presidente da Assembleia Nacional Constituinte, Ulysses Guimarães, em 1987.

A articulação para que o exemplar fique exposto no Poder Legislativo contou com apoio do MDB Rio Claro, partido do então deputado federal Ulysses, com autorização do presidente José Pereira (PSD). No evento de ontem, o líder da bancada da sigla na Casa, Hernani Leonhardt, disse que “é uma honra a Câmara de Rio Claro receber a Constituição Federal, que até hoje a seguimos. Rio Claro é terra de Ulysses, o mentor da política”, disse. A ex-vereadora Maria do Carmo Guilherme (MDB) disse que é histórica a exposição do exemplar. “Isso sim é democracia”, disse.

O presidente da Fundação Ulysses Guimarães do município, Alberto Merino, destacou que “Ulysses deixou um legado e a CF com cláusulas pétreas, com direitos e garantias a todos nós”, afirmou. Bruno Oliveira, presidente do MDB local, declarou que a ideia de expor o exemplar se deu pelo fato de que Ulysses foi rio-clarense e é “representante máximo do que é ser um parlamentar. A figura que personifica os princípios da boa administração pública, da legítima contribuição popular, nada mais honroso e justo que essa Carta Magna que sustenta todos os Poderes da União e vocações sociais, que seu maior legado fique na sede do Poder Legislativo local”, comenta.

O prefeito Gustavo Perissinotto (PSD) afirmou que “é uma satisfação muito grande estar em frente a um exemplar tão importante. Mais do que a Constituição Cidadã, é o que ela simboliza e representa na história do país. Ulysses é um espelho para nós, faz parte da nossa história e nos dá muito orgulho como rio-clarenses falar de Guimarães”, declarou.

Também estiveram na cerimônia o vereador Geraldo Voluntário (MDB), os vereadores Sivaldo Faísca (União Brasil) e Heitor Alves (PDT), o ex-vereador Sérgio Guilherme (MDB), o secretário municipal de Segurança, Gustavo Viegas (MDB), o presidente do PL Rio Claro, Alcir Russo, e demais membros da Fundação Ulysses Guimarães e dos núcleos do MDB local.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Política: