A Prefeitura prevê concluir no próximo mês de dezembro o estudo contratado pela Secretaria Municipal de Obras para se avaliarem as necessidades e custos para a futura pavimentação do bairro Nova Rio Claro. Conforme o JC repercutiu meses atrás, uma empresa foi contratada para executar uma análise de sondagem do solo para se calcular o tamanho da obra que será realizada.

De acordo com a administração municipal, parte do estudo para a realização do projeto de obras no Nova Rio Claro está finalizada. A parte restante do projeto deverá ser concluída no começo de dezembro, permitindo então o levantamento detalhado dos custos necessários para as obras. A localidade, diante da especificidade de não ter asfaltamento tampouco galerias de águas, não foi incluída inicialmente no programa de recuperação asfáltica lançado pelo prefeito Gustavo Perissinotto (PSD) e que está em andamento em outros bairros.

Na sessão de segunda-feira (21), o assunto voltou a ser pauta na Câmara Municipal. O vereador Rafael Andreeta (sem partido) apresentou requerimento em que faz cobranças e questionamentos à Prefeitura sobre o andamento desse estudo. Também, lembrou que no ano passado o Poder Legislativo fez a devolução de R$ 5 milhões aos cofres do Poder Executivo com indicação de uso para as obras no bairro.

O presidente José Pereira (PSD) ressaltou que deverá pedir agendamento de uma reunião com os moradores do Nova Rio Claro, através de uma comissão que acompanha o assunto, junto com o prefeito Gustavo e secretário de Obras, Valdir Oliveira Junior. Segundo Pereira, há uma expectativa de que sejam economizados pelo menos mais R$ 5 milhões neste ano com o funcionamento da Casa de Leis para serem incluídos na indicação da pavimentação no bairro.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

10º Baep realiza treinamento de ‘atirador designado’

Refis: emenda ‘bloqueia’ empresas por três anos