Estudante tem projeto de lei aprovado

46

Divulgação

Entre 2.079 estudantes que se inscreveram para participar do Parlamento Jovem Brasileiro, o estudante Gustavo Bomfim Crivelari, 16, de Santa Gertrudes, está entre os 78 que tiveram seu projeto aprovado e escolhido para votação. Dentre eles, 11 do Estado de São Paulo. Se aprovado, seu projeto pode ser colocado em prática.

Esta não é a primeira vez que ele se envolve com política, o estudante já atuou como vereador mirim na Câmara Municipal de Santa Gertrudes e disse que sempre se interessou pelo funcionamento dos órgãos públicos.

“Sempre me interessei por política. Expor grandes ideias, aprender sobre a formulação de leis e entender o funcionamento da Câmara. Vi o cartaz na escola e resolvi me inscrever, elaborei o projeto em uma semana e enviei”, conta o estudante.

A proposta de Gustavo, que está cursando o segundo ano do Ensino Médio, consiste na criação e implantação da PLAME Br (Plataforma Multimídia da Educação Brasileira). O objetivo da plataforma online multimídia é ser utilizada como ferramenta educacional por professores e alunos matriculados na rede pública de educação a Nível Municipal, Estadual, Fundamental, Infantil, Médio e Superior, bem como por alunos matriculados na EJA (Educação para Jovens e Adultos).

O Parlamento Jovem Brasileiro é realizado anualmente desde 2004 e tem por objetivo possibilitar aos alunos de escolas públicas e particulares a vivência do processo democrático, mediante participação em uma jornada parlamentar na Câmara dos Deputados, em que os estudantes tomam posse e atuam como Deputados Jovens. No próximo mês, Gustavo viaja para Brasília, onde ficará durante sete dias assistindo a palestras junto com os demais estudantes selecionados. Sobre seus planos para o futuro, diz que pretende ser professor universitário e cursar Direito ou Filosofia, mas que quer seguir carreira política.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: