O projeto Horta nas Escolas, implantado pela prefeitura de Rio Claro em março deste ano, está crescendo a cada mês. Na semana passada, a Escola Municipal Samira Assencio Savoldi, no Jardim Santa Elisa, também passou a contar com uma horta. “Já são 19 escolas participando do projeto que, além das hortas, em alguns casos também têm jardim sensorial”, informa o secretário da Agricultura, Valmir Pinton.

Em várias escolas as colheitas já começaram a ser feitas, permitindo aos alunos saborear as hortaliças por eles cultivadas e colhidas. O projeto é desenvolvido numa parceria das secretarias municipais de Agricultura e Educação.

O projeto Horta nas Escolas contribui para a autoestima de crianças e adolescentes. Toda comunidade escolar pode fazer parte desse projeto, que visa oferecer aos alunos formas de aprendizagens mais dinâmicas.

Já os jardins sensoriais oferecem aos alunos estímulos aos cinco sentidos (tato, visão, olfato, paladar e audição), uma vez que permitem aos estudantes tocarem nas plantas para sentir suas texturas, formas e aromas.

O projeto é desenvolvido de maneira que os alunos coloquem a “mão na massa”, o que lhes permite desenvolver com autonomia as atividades e ampliar a autoestima. Os organizadores destacam ainda que o projeto Horta na Escola é uma experiência por meio da qual as crianças têm contato direto com os processos da natureza e acompanham de perto o desenvolvimento das verduras, das hortaliças e legumes.

Eduardo Barbosa, diretor do Departamento Municipal de Silvicultura, lembra que o projeto desperta o interesse dos alunos e os pais contribuem ajudando nos finais de semana, pois as hortas precisam ser regadas todos os dias.

Ao realizar o cultivo os alunos também fazem atividade física. Outros benefícios apontados são a inovação no ambiente escolar, autonomia e protagonismo dos alunos, maior engajamento nos estudos, crescimento da escola e transformação da educação e da sociedade.

“Buscamos valorizar cada vez mais o meio ambiente, com a implantação de uma educação ambiental que envolve alunos, corpo docente, funcionários e pais de alunos”, destaca a secretária da Educação, Valéria Velis.

As escolas interessadas em participar do projeto Horta nas Escolas devem entrar em contato com a Secretaria Municipal de Agricultura, pessoalmente ou pelo telefone 3527-1428.

Até agora o projeto está em andamento nas seguintes escolas: Luiz Martins (Jardim Novo Wenzel), Izolina Huppert Cassavia (Jardim Guanabara), Mora Guimarães (Boa Vista), Joaquim Ribeiro (Centro), Sérgio Hernani (Jardim das Flores), Benjamin Ferreira (Cidade Nova), Victorino Machado (Cervezão), Silvio de Araújo (São Miguel), Djiliah Camargo de Souza (Jardim Ipê), Pastor Nephtali (Jardim Portugal), Projeto Claretiano (Terra Nova), Diva Marques Gouvêa (Consolação), Lucidia Cassavia Escrivão Soares (Boa Vista), Maria Aparecida Hartung (Cervezão), Jovelina Morateli (no bairro Mãe Preta), João Batista Negrão Filho (Guanabara), Monteiro Lobato (Vila Verde), Associação dos Deficientes de Rio Claro (Bela Vista) e Samira Assencio Savoldi (Santa Elisa).

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Princesa Victoria ganha consultório odontológico

Rio Claro treina educadores para socorro nas escolas