Entidades participam de Ação Universal de Direitos Humanos

68

Ednéia Silva

A Comissão de Direitos Humanos da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Rio Claro realizou nesta quarta-feira a Ação Universal de Direitos Humanos em comemoração ao Dia Internacional da Declaração Universal dos Direitos Humanos, celebrado no dia 10 de dezembro. O evento reuniu várias entidades que atenderam gratuitamente a população ao longo do dia.

O evento foi aberto pela presidente da OAB de Rio Claro, Dra. Rosa Cattuzzo. Ela lembrou que os direitos humanos não são destinados apenas aos presos, mas a todo cidadão que tem direito a segurança, saúde, educação, transporte etc. Segundo ela, esses direitos são garantidos desde 1948 quando foi elaborada a  Declaração Universal dos Direitos Humanos, proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em Paris. No entanto, muitas pessoas ainda desconhecem esses direitos, por isso é preciso sempre renová-los.

Presidente da CDH/OAB, Orlando de Pilla Filho destacou que os direitos humanos estão garantidos no artigo 1º, inciso III da Constituição Federal, que estabelece como um dos fundamentos do Estado democrático de direito a dignidade da pessoa humana. O advogado enalteceu o trabalho realizado por todos aqueles que lutaram e lutam em prol da garantia desses direitos.

O advogado Sérgio Santoro, diretor do Procon, falou sobre o crescimento do órgão de defesa do consumidor no município e da parceria com a OAB para o fortalecimento dos direitos do cidadão. Para ele, é importante os consumidores reclamarem e denunciarem pois somente assim haverá melhora nas relações de consumo.

Jenyberto Pizzotti, da Sociedade do Bem Comum, disse ser um privilégio participar do evento ao lado de “heróis” que trabalham sem interesses pessoais. O advogado Juarez Vicente de Carvalho, membro da CDH/OAB e representante da Igreja Nazareno, ressaltou a proposta da Comissão que é “conhecer para poder exercer”.

O advogado Percival Camargo, membro da CDH/OAB e do Lions Clube, falou sobre a campanha permanente de arrecadação de lacres de latas. Marilene Pereira Vieira da Silva, vice-presidente do Lions, agradeceu o convite para participar da atividade. O professor Fernando Gotardo, da Faculdade Anhanguera, também agredeceu a oportunidade de divulgar os cursos e serviços da instituição.

Carol Gomes, da AJA, informou que a associação tem grupos de atividades voltadas para várias áreas: Cultura, Educação, Social, Sustentabilidade etc. Todos os projetos são desenvolvidos de jovens para jovens, tendo como carro-chefe a campanha “Crack, só se for de bola” de combate ao uso de drogas.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: