Jovem era dono de pet shop. Foto: Redes sociais/Reprodução

Henrique da Silva Chagas, conhecido como Rick Chagas, morreu após o realizar um procedimento de peeling de fenol no rosto

Morreu em São Paulo na segunda-feira (3), o empresário pirassununguense Henrique da Silva Chagas de 27 anos. Rick Chagas, como era conhecido, tinha um pet shop e viajou até São Paulo para realizar um procedimento estético que há tempos desejava: o peeling de fenol.

Segunda consta no boletim de ocorrência a vítima foi até a clínica de uma esteticista com mais de 200 mil seguidores nas redes sociais que fica no Campo Belo, Zona Sul da capital. Rick levou junto o companheiro que relatou à polícia que “após a realização do procedimento, Henrique estava trêmulo e reclamando de dor”.

Pouco tempo depois o paciente começou a piorar e o Samu foi acionado. Quando a ambulância chegou na clínica Rick já estava morto. A responsável pelo procedimento e proprietária da clínica deixou o local. Testemunhas disseram que ela alegou ter passado mal ao notar a morte do cliente e precisou procurar um hospital. Até o fechamento desta edição ela ainda não tinha sido encontrada para prestar depoimento. A Polícia Civil registrou o caso como ‘morte suspeita’. Foram solicitados exames necroscópico e toxicológico na vítima, cujos resultados são aguardados.

Uma das suspeitas é de que Rick tenha tido alguma reação alérgica ao produto aplicado. A perícia também esteve na clínica e recolheu amostras. Segundo o companheiro do paciente, a esteticista não pediu nenhum exame médico antes do procedimento para saber se Rick era alérgico a algum medicamento.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS), por meio da Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa), informou através de nota que o estabelecimento foi interditado e autuado pela Vigilância Sanitária.

Mais em Dia a Dia:

Sobrevivente de Orpinelli refaz a vida e lança projeto

Chega às bancas a nova JC Magazine