Com a visão comprometida pela catarata, Jurandir Longo foi um dos 205 pacientes atendidos na terça-feira (15) no segundo mutirão realizado pela prefeitura de Rio Claro em menos 3 meses. O paciente já fazia acompanhamento médico no Centro de Especialidades e Apoio Diagnóstico, da Fundação Municipal de Saúde, para tratar de outra doença. “O atendimento é muito bom e possibilitou o diagnóstico da catarata e a cirurgia”, observa Jurandir.

Em 3 meses, Rio Claro realizou dois mutirões, em que 499 cirurgias oftalmológicas foram feitas. No dia 27 de agosto a prefeitura realizou mutirão de catarata e pterígio, atendendo 173 pacientes. Entre eles, 121 também passaram por procedimento no dia 17 de setembro, quando fizeram a cirurgia no segundo olho.

Os dois mutirões foram viabilizados por recursos de emenda parlamentar conseguidos pelo vereador Julinho Lopes a partir de articulação com o deputado estadual Delegado Olim e deputado federal eleito Mauricio Neves.

“Agradecemos ao vereador e aos deputados pelos recursos que, em união de esforços, estão possibilitando ao município atender estas pessoas que dependem da cirurgia para recuperar a qualidade de vida”, destaca Giulia Puttomatti, presidente da Fundação de Saúde.

Os pacientes atendidos na terça-feira (15) passaram nesta quarta-feira (16) por consulta pós-cirúrgica e no sábado novamente serão avaliados no Cead.

“A saúde é uma de nossas prioridades, trabalhamos para oferecer à população o melhor atendimento e é muito gratificante quando os resultados impactam positivamente a vida das pessoas”, ressalta o prefeito Gustavo.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Sobrevivente de Orpinelli refaz a vida e lança projeto

Chega às bancas a nova JC Magazine