Eleição de candidatos locais ganha força

69

Da Redação

Para as Eleições 2014, o 1º turno das eleições irá ocorrer no dia 5 de outubro e o 2º turno, no dia 26 do mesmo mês
Para as Eleições 2014, o 1º turno das eleições irá ocorrer no dia 5 de outubro e o 2º turno, no dia 26 do mesmo mês

A cada campanha eleitoral, a discussão sobre a eleição de candidatos locais é retomada em Rio Claro. Autoridades locais consideram importante votar em candidatos a deputado nativos do município, para que a cidade tenha representação nas duas esferas de governo: estadual e federal.

Valéria Pasetto, presidente de Rede Rioclarense de Combate ao Câncer “Carmem Prudente”, dá sua opinião pessoal sobre o assunto. “Eu, particularmente, acho muito importante a comunidade votar em candidatos da cidade. Se nós temos candidatos capazes, temos que prestigiá-los”, comenta.

No entanto, ela destaca que vivemos em uma democracia e, se não há candidatos da cidade disputando o pleito ou se eles não agradam ao eleitor, este deve ter o direito de procurar outro representante.

O empresário Assed Bittar Filho, diretor do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), regional de Rio Claro, considera fundamental o município ter representação nas duas casas de leis. “Se nós elegermos candidatos da cidade, teremos mais facilidade para acompanhar o trabalho e cobrar”, pontua. Segundo ele, se os rio-clarenses buscarem entre os candidatos locais o melhor para receber seus votos, ele irá fazer um bem para Rio Claro e região.

A Câmara dos Deputados tem hoje 513 parlamentares que são eleitos pelo voto proporcional. O Estado de São Paulo tem direito a 70 cadeiras. A cidade de Rio Claro não tem nenhum representante em Brasília. A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo tem 94 deputados e Rio Claro conta com um representante na casa.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: