Dupla de estelionatários é presa em Ipeúna nessa segunda-feira (6), após operação em conjunto da DIG de Rio Claro com a Delegacia daquela cidade. Uma mulher de 56 anos que já teve passagens pelo mesmo crime no Rio Grande do Sul e um homem de 49 anos, que inclusive havia sido detido recentemente por uso de documento falso, foram detidos.

De acordo com a Polícia Civil, os golpistas utilizavam nomes e documentos falsos para a abertura de contas e realizarem empréstimos de altos valores. Eles estavam agindo em Ipeúna. A dupla também será investigada em outros crimes semelhantes ocorridos através de intercâmbio de informações com o Setor de Inteligência dos Bancos.

Celulares, extratos de movimentações financeiras e cartões foram apreendidos.

Foram apreendidos diversos cartões, extratos de movimentações financeiras acima dos R$ 150.000,00, dinheiro, seis celulares e um veículo da marca Jeep, modelo Compass. Consta no boletim de ocorrência que no momento da abordagem a investigada chegou a dizer “a casa caiu” e confessou integrar um grupo de estelionatários. Já o comparsa disse que estava apenas ajudando aquela mulher, não sabendo do que se tratava. A versão dele foi derrubada através de provas apresentadas pelos investigadores.

Segundo a Polícia Civil, ainda não foi possível calcular o valor dos golpes, mas acredita-se que os números possam chegar a cifras milionárias.

Mais em Segurança:

POLÍCIA: GCM detém jovem com drogas no Cervezão

Incêndio atinge canavial e fumaça chama atenção