Dia do Voluntariado: Grupo de Analândia atua em hospital

176

Wagner Gonçalves

“É sempre uma lição de vida para nós, voluntários, pois os pacientes e acompanhantes nos demonstram a força e paciência em enfrentar a dor, de maneira tranquila”, Thiago Calegari
“É sempre uma lição de vida para nós, voluntários, pois os pacientes e acompanhantes nos demonstram a força e paciência em enfrentar a dor, de maneira tranquila”, Thiago Calegari

Dizem que a felicidade não é uma meta de chegada, mas o caminho que se toma. Nessas trajetórias da vida há momentos que ficam marcados e se eternizam dada a sua importância. Mas seria possível encontrar a alegria mesmo em momentos difíceis? Com o intuito de trazer esses bons momentos à tona novamente, os Doutores do Sorriso interagem com pacientes do hospital de Pirassununga.

Neste dia 5 de dezembro, Dia Nacional do Voluntariado, destacamos a atuação deste  grupo que surgiu em 2003, promovendo ações em orfanatos e asilos, com integrantes, em sua maioria, de Analândia. No entanto, desde 2011, os integrantes passaram a buscar capacitações e, desde o ano passando, oficinas para atuar em hospitais. Com o apoio de outras entidades do ramo, passaram a atuar no hospital a partir deste ano.

“É sempre uma lição de vida para nós, voluntários, pois os pacientes e acompanhantes nos demonstram a força e paciência em enfrentar a dor, de maneira tranquila”, conta o coordenador e idealizada dos Doutores do Sorriso Thiago Sanches Calegari. Recentemente, um episódio lhe marcou muito, quando uma já idosa senhora, de 94 anos, passou a aceitar melhor os tratamentos e demonstrou melhora significativa.

Para Calegari, que passou a se dedicar exclusivamente para as visitas em hospitais junto ao grupo composto por 14 pessoas, os próprios pacientes demonstram o carinho e lhes dão forças para continuar. “Foi muito emocionante ver um senhor, já em estado terminal, pronunciando com muita dificuldade uma frase de apoio”, contou dizendo que, além do acompanhamento com uma psicóloga, o próprio grupo fortalece um ao outro.

O projeto se mantém com seus próprios recursos, mas aos que desejam ajudar podem entrar em contato na fanpage Doutores do Sorriso e saber os caminhos para se tornar um apoiador. “Em janeiro, os interessados em se unir à causa poderão se inscrever para se tornar um voluntário”, disse o coordenador sobre a capacitação de novos membro.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: