Agentes de combate às endemias da Fundação Municipal de Saúde de Rio Claro. Foto: Divulgação/PMRC

As cidades que compõem a microrregião de Rio Claro, incluindo o município, somam mais de 330 casos confirmados de dengue. Os dados são do Governo do Estado de São Paulo, atualizados até essa quinta-feira (29), apontam que já são registradas mais de mil notificações da doença nas cidades: Rio Claro, Cordeirópolis, Santa Gertrudes, Ipeúna, Itirapina e Analândia. Corumbataí é a única cidade da microrregião que não registra casos neste ano.

Rio Claro, até sábado (24), registrou 156 casos. Um aumento de quase 80% em relação ao último boletim epidemiológico divulgado no dia 21 de fevereiro, quando 87 casos estavam confirmados no município. Em Cordeirópolis são 17 casos confirmados, em Santa Gertrudes, 65 casos registrados. Em Ipeúna, são 14 casos confirmados. Em Itirapina, apenas 6. Em Analândia já são 78 casos confirmados.

MUTIRÃO

Das 7 às 13 horas deste sábado (2), equipes de combate à dengue estarão percorrendo ruas e avenidas dos bairros Terra Nova e Jardim Novo 2 para recolher materiais que possam servir como criadouros do mosquito Aedes aegypti. Para colaborar com o mutirão, os moradores devem colocar os materiais na calçada logo pela manhã para serem recolhidos pelo caminhão da operação cata bagulho.

Os agentes de combate à dengue também farão orientação aos moradores dos bairros Terra Nova e Jardim Novo 2. A população deve colaborar com o combate à dengue, eliminando possíveis criadouro do mosquito Aedes e evitando o acumulo de água em recipientes. Na semana passada o mutirão foi realizado no Jardim Novo 1. Mais de seis toneladas de possíveis criadouros do mosquito transmissor da dengue foram recolhidos.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Programa combate lentidão na abertura de empresas

Jucielen vence bicampeã nos EUA