Rio Claro realiza a partir de segunda-feira (19) vacinação contra poliomielite e Covid em escolas municipais. “A proposta é aumentar a cobertura vacinal da poliomielite e a adesão à vacinação contra Covid entre as crianças”, destaca Giulia Puttomatti, presidente da Fundação Municipal de Saúde.

Até o fim deste mês a vacinação será realizada em 48 unidades da rede municipal de ensino, contemplando todas as escolas e creches que atendem crianças de 0 a 5 anos. A ação será realizada das 11 às 14 horas ou das 15 às 17 horas, de acordo com a programação. “Dessa maneira pegamos horário de entrada ou saída de alunos e, como tratam-se de crianças pequenas, são os pais ou responsáveis que as levam e buscam e, consequentemente, acompanharão a vacinação”, explica Fabyolla Lourenço, responsável pelo setor de imunização da Fundação de Saúde.

Durante a ação será aplicada a dose contra a poliomielite em crianças de 1 a 4 anos que ainda não tomaram a gotinha neste ano e também a vacina contra a Covid em crianças com 3 anos ou mais que ainda não receberam sua primeira ou segunda dose. Para isso, a Fundação de Saúde montou uma força-tarefa que contará com a participação de equipes das unidades de saúde da família.

Os pais serão avisados com antecedência sobre a vacinação por meio de bilhete, inclusive para que estejam no dia da aplicação das doses com carteirinha de vacinação da criança em mãos.

Na segunda-feira (19) o atendimento será na escola Antonio Maria Marrote das 11 às 14 horas e na Arlindo Ansanello das 15 às 17 horas. Na terça-feira (20) será a vez dos alunos das escolas Jardim Esmeralda, Benedicto José Zaine e Comecinho de Vida Diva Cabral de Oliveira. A vacinação nas escolas tem programação até 30 de setembro, data que se encerra a campanha de vacinação contra a pólio.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Princesa Victoria ganha consultório odontológico

Rio Claro treina educadores para socorro nas escolas