Com tempo seco, as queimadas em campo aberto se alastram mais facilmente, por isso exigem a atuação imediata dos Bombeiros para conter os incêndios

Wagner Gonçalves

Com tempo seco, as queimadas em campo aberto se alastram mais facilmente, por isso exigem a atuação imediata dos Bombeiros para conter os incêndios
Com tempo seco, as queimadas em campo aberto se alastram mais facilmente, por isso exigem a atuação imediata dos Bombeiros para conter os incêndios

Nesta semana, o Corpo de Bombeiros já foi acionado duas vezes para atender um mesmo local para conter o fogo em campo aberto. Com tempo seco, o fogo pode se alastrar rapidamente, sendo muito importante a contribuição popular para evitar impactos maiores.

No fim da manhã dessa última quinta-feira (26), os Bombeiros foram chamados para apagar um incêndio em um terreno que fica às margens do Córrego Olinda, nas imediações do Jardim Mirassol, localizado atrás do Terminal Rodoviário.

A operação durou cerca de uma hora, mas a ação teve de ser feita sem o auxílio do caminhão, devido às condições de difícil acesso até onde ocorreu o incêndio.

Equipados com os abafadores e as bombas costais, além das máscaras faciais, os dois bombeiros responsáveis acreditam que o incêndio não tenha se iniciado de maneira natural e que há suspeitas de ato criminoso. Apesar das suspeitas, nenhuma pessoa ou objeto (como isqueiros) foi encontrado no local.

Na primeira vez, o incêndio se alastrou, no campo, até a altura da Avenida 8, no dia em que o Brasil teve sua disputa contra a seleção de Camarões, na última segunda-feira (23).

“É muito importante que a população se conscientize sobre os perigos de queimadas, principalmente em períodos de estiagem”, ressaltou o cabo Nivaldo José, um dos bombeiros da operação.

Para ele, tais iniciativas só prejudicam, pois, além da poluição atmosférica que compromete a qualidade do ar, para conter o fogo é preciso utilizar água.

Neste sentido, o alerta se dá, especialmente, por essa água fazer falta, tendo em vista que no inverno a incidência de chuvas e os níveis dos reservatórios diminuem.

Com o perigo de que o fogo vá para outros lugares, principalmente quando há vegetação seca, é preciso atenção. Diante de uma situação suspeita, entre em contato com Bombeiros (193), ou com Defesa Civil (199).

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Saiba como denunciar assédio sexual sofrido no trabalho

Rio Claro vacina contra a Covid a partir das 7h30