Cordeirópolis deu início a um projeto pioneiro: o Censo Arbóreo, que tem por finalidade mapear e diagnosticar todas as árvores em vias e praças públicas. Segundo a Secretaria de Meio Ambiente, nos próximos quatro meses uma equipe irá percorrer toda a área urbana municipal para esse levantamento. A pasta responsável já adianta que através dos dados coletados, será implantado um sistema digital para gerenciamento da arborização urbana.

O secretário Joaquim Dutra Filho destaca que o sistema irá armazenar e organizar os dados sobre a arborização, permitindo identificar a espécie, localização e estado de saúde de todas as árvores urbanas. “Após a aprovação do Plano Municipal, passaremos a monitorar todos os procedimentos relacionados à gestão de arborização. Todas as arvores terão um número cadastral, atributos quantitativos e um histórico de ocorrências e tudo este trabalho estará disponível também através de aplicativos móveis”, relatou Dutra.

O biólogo Thomaz Almeida, fala sobre os benefícios para os moradores, após a implantação do Censo. “Desde o protocolo de pedido de poda ou supressão, da avaliação e análise de riscos de árvores e a execução do manejo arbóreo tudo estará integrado no sistema”, complementou o biólogo.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Acidente entre carro e moto é registrado na Visconde

Ciro acompanha PDT e anuncia apoio a Lula no 2º turno