É muito importante que seja registrada a perda dos documentos para, dessa forma, evitar que o nome do titular seja usado

Wagner Gonçalves

É muito importante que seja registrada a perda dos documentos para, dessa forma, evitar que o nome do titular seja usado
É muito importante que seja registrada a perda dos documentos para, dessa forma, evitar que o nome do titular seja usado

Em época de festividades, shows e atividades que costumam reunir grande número de pessoas em um mesmo local, é comum que a incidência da perda de documentos aumente. Nesses casos, algumas ações são necessárias para evitar prejuízos e, de modo mais simples, recuperá-los. O primeiro passo é registrar, por meio de Boletim de Ocorrência (BO), que pode ser feito nas delegacias distribuídas nos municípios, bem como por meio da internet, no endereço eletrônico da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP): www.ssp.sp.gov.br.

O BO garante que o titular do documento não seja responsabilizado pela utilização indevida dos documentos. Além disso, no site do Poupatempo, o serviço chamado e-poupatempo auxilia na localização, no qual, também, é possível lavrar BO. Neste serviço gratuito, a ocorrência é direcionada às perdas ocorridas no Estado de São Paulo e deve ser descrito o maior número de informações possíveis, tais como dados do local onde possivelmente se perdeu, com data, horário aproximado e ponto de referência.

Além disso, a identificação completa do declarante e os dados e tipo do documento são essenciais para facilitar a localização. No caso de cartões de banco ou cheques, é preciso informar o nome do banco, número da agência, conta-corrente, ou das folhas de cheque. Nos documentos de veículo, também é necessário descrever os dados e tipo de documento perdido.

Achados e perdidos

Tanto para quem perdeu como para quem encontrou algum documento, uma das providências cabíveis consiste em se direcionar a uma agência ou caixas de coleta dos correios, pois os Correios possuem um setor de achados e perdidos que recebe e cadastra as informações sobre esses documentos encontrados.

É possível monitorar se o documento foi encontrado e entregue ao mencionado setor por meio da página eletrônica www.correios.com.br, no campo Achados e Perdidos. Pode-se também consultar pelo 0800-5700100 ou indo diretamente a uma agência central dos Correios.

Copa do Mundo

Já para os torcedores que tiveram os documentos roubados ou extraviados durante as comemorações da Copa do Mundo, além de fazerem um Boletim de Ocorrência (BO), puderam cadastrar um alerta no Serviço de Documentos e Cheques Roubados da Serasa Experian. Esse registro ajuda a reduzir o risco e evitar a dor de cabeça de ter dados pessoais utilizados por golpistas. De acordo com a Serasa Experian, nos primeiros dias da Copa, entre 12 e 23 de junho, 391 pessoas cadastraram 822 documentos extraviados no site da Serasa, 16,6% a mais que em igual período do ano anterior. Ao fazer o cadastro, o consumidor ganha automaticamente, por 30 dias, proteção em dobro com o serviço antifraude da Serasa, que acompanha 24 horas por dia as movimentações do CPF.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Saiba como denunciar assédio sexual sofrido no trabalho

Rio Claro vacina contra a Covid a partir das 7h30