Considerados imprescindíveis para manter o bom funcionamento das empresas, os contadores são os homenageados neste dia 22 de setembro. Conhecidos antigamente como “guarda-livros”, os contadores recebem as homenagens hoje porque se trata da data em que o então presidente da República, Getúlio Vargas, assinou o decreto-lei que dispõe sobre o ensino superior de Ciências Econômicas e de Ciências Contábeis, isso no ano de 1945. Ao longo dos anos, porém, a profissão foi ampliando sua atuação, e atualmente também contribui para a otimização dos custos em relação à carga tributária e até mesmo na rotina de administração das empresas, onde atuam como prestadores de serviços, no caso dos profissionais autônomos, ou integram o quadro de colaboradores.

Há inclusive uma dúvida quanto à formação e às atribuições dos contadores e dos contabilistas. No caso do contador, trata-se do profissional que concluiu curso superior em Ciências Contábeis. Já o contabilista passou por curso profissionalizante ou técnico em Contabilidade.

Para estudantes interessados em se profissionalizar na área, os especialistas destacam que, além do talento para o cálculo, a administração e o conhecimento sobre a área da tributação, os contadores de destaque também costumam ser pessoas interessadas por negócios em geral e principalmente por novas tecnologias, já que se trata de mais uma profissão cujos serviços foram digitalizados, exigindo atualização permanente.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Saúde orienta sobre meningite meningocócica

Nesta sexta-feira termina a campanha de vacinação contra a pólio