Concessionária revelou à Farol JC que obra deve sair no segundo semestre de 2023 (Foto: Bruno Leite)

A tão aguardada intervenção para melhorias no trecho de Rio Claro na Rodovia Washington Luís (SP-310) deverá sair do papel dentro de um ano, no segundo semestre de 2023. Agora foi a vez da própria concessionária Eixo-SP, que faz a gestão do trecho, confirmar a informação em primeira mão à coluna Farol JC.

Na última semana, o Jornal Cidade trouxe também com exclusividade entrevista com o governador Rodrigo Garcia (PSDB) que antecipou a notícia das obras, além da Artesp. “A Eixo-SP Concessionária de Rodovias informa que a construção de terceira faixa e de vias marginais na SP-310 – Rodovia Washington Luís, em Rio Claro, está prevista para o segundo semestre de 2023”, informa a empresa.

A expectativa de que essas obras sejam executadas vem de anos. No passado, quando a concessionária ainda era Centrovias, as intervenções foram anunciadas pela ex-gestora da rodovia. Porém, com o fim da concessão e a troca de empresa, ficou uma dúvida sobre quando essas ações seriam implantadas, já que a nova concessionária ficará no comando da administração da rodovia por 30 anos. Desta forma, as obras poderiam ficar tanto para breve quanto para qualquer ano dessas décadas de concessão.

O custo da intervenção em Rio Claro está orçado em R$ 28 milhões, segundo o Governo do Estado informou através da Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo). Está prevista a implantação de via marginal na Rodovia Washington Luís (SP-310) do km 171 ao 177. O prazo de conclusão das obras é de 12 meses, após o início das intervenções.

No ano de 2015, o deputado estadual Aldo Demarchi (União Brasil), membro da Comissão de Transportes e Comunicações da Assembleia Legislativa, também chegou a destacar que as obras iriam acontecer através da Centrovias. O ex-prefeito Juninho da Padaria, que iniciou a administração em 2017, também repercutiu naquela época articulação para que finalmente a intervenção ocorresse, sem sucesso.

Em 2020, a concessionária Eixo-SP iniciou a operação do Lote PiPa (Piracicaba Panorama), que inclui o trecho em Rio Claro. O contrato assinado com o governo paulista prevê a administração do trecho de 1.273 quilômetros de rodovias até 2050, período em que serão investidos R$ 14 bilhões em obras de ampliação, conservação, além da modernização de serviços ao usuário e redução na tarifa de pedágio.

Com o anúncio das obras, o atual prefeito Gustavo Perissinotto (PSD) herdará os frutos durante o seu primeiro mandato. Nos últimos dias, o mandatário também anunciou os investimentos próprios da Prefeitura de Rio Claro em mobilidade urbana e infraestrutura. Serão R$ 190 milhões investidos em recuperação asfáltica e demais ações na cidade até 2024, seu último ano à frente do Poder Executivo.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Política: