Civil ouve família de assassinado no bairro Mãe Preta

132

Carine Corrêa

O feriado em Rio Claro contabilizou mais uma morte no município. Rafael Benedito Aparecido Luiz, de 32 anos, morreu na madrugada dessa quinta-feira, dia 20 de novembro. Segundo repassado pelo setor de comunicação do 37º Batalhão da Polícia Militar, a PM recebeu no dia a denúncia de uma pessoa baleada no bairro Mãe Preta.

Na Rua 1, Rafael Luiz estava debruçado sobre os joelhos. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e o médico de plantão confirmou o óbito de Rafael. A perícia constatou uma perfuração no peito de Rafael, duas na cabeça, uma no ombro, uma na nuca e uma no joelho esquerdo.

Rafael Aparecido tinha passagens criminais nos artigos 157 (roubo), 155 (furto), e 33. No momento do crime, ele estaria bebendo em um bar, quando uma motocicleta parou e o garupa disparou contra o homem. Populares, que não quiseram se identificar, falaram que Rafael estava envolvido no homicídio do bairro Arco-Íris, que ocorreu no dia 11 deste mês.

A Polícia Civil dá prosseguimento às investigações e informou que nessa sexta (21) ouviria os familiares de Rafael.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: