Chuva deve se intensificar nos próximos dias, diz Defesa Civil

64

Sidney Navas

NATAL CHUVOSO: segundo a previsão fornecida pela Defesa Civil, a chuva deve continuar em Rio Claro nos próximos dias
NATAL CHUVOSO: segundo a previsão fornecida pela Defesa Civil, a chuva deve continuar em Rio Claro nos próximos dias

Com a chegada do verão em todo o hemisfério sul, a previsão, como sempre, é de altas temperaturas e fortes pancadas de chuva. Em Rio Claro, por exemplo, o domingo (21) foi marcado por um aguaceiro intenso e com temperaturas em declínio, mas felizmente nenhuma ocorrência grave acabou sendo registrada, de acordo com as informações fornecidas pelo diretor da Defesa Civil do município, Danilo de Almeida, que participou do Programa Jornal da Manhã da Rádio Excelsior Jovem Pan (AM 1.410 kHz). No domingo, choveu o equivalente a 21,7 milímetros e as temperaturas sofreram uma ligeira queda, sendo que a máxima permaneceu na casa dos 29 graus e a mínima em 21 graus.

O diretor do órgão explica que a Defesa Civil está em alerta máximo e suas equipes seguem percorrendo os locais tidos como mais vulneráveis a enchentes, como as avenidas Felício Castellano, Visconde do Rio Claro, o cruzamento das ruas 20 e 21 com a Avenida 16, no Jardim São Paulo, entre outros.

“No total a cidade tem mapeado 47 pontos críticos”, disse. O pé d’água do final de semana foi mais intenso na zona norte e o asfalto cedeu em um trecho do Distrito Industrial, mas, segundo Almeida, operários do Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) foram até aquele cruzamento e resolveram o problema. Em caso de necessidade, a população pode ligar para o telefone 199, que funciona 24 horas por dia, sete dias da semana. Voltou a chover forte na segunda-feira (22) e até o fechamento desta edição nenhuma ocorrência havia sido registrada.

MAIS CHUVA

Segundo a previsão fornecida pelo Posto de Observação da Defesa Civil, o tempo deve permanecer instável nos próximos dias. “A tendência é que continue chovendo até o Natal”, observa. Existe também a possibilidade de chuvas bem intensas durante esse período.

Por isso a população pode e deve ajudar fazendo a sua parte, já que muitos dos transtornos são causados pelo entupimento dos bueiros, sobrecarregados de sujeira. Evite jogar lixo em via pública, como tocos de cigarros, copos descartáveis e embalagens de plástico.

Conforme o volume da água, os bueiros não dão conta do recado e as enchentes se tornam inevitáveis. Vale lembrar que nada justifica o descarte irregular de sujeira pelas ruas. A prefeitura disponibiliza uma gama de serviços neste sentido, como os Ecopontos e o Cata Bagulho.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: