Cavalos vítimas de maus-tratos são salvos pela Patrulha de Proteção Animal da GCM

Fotos: GCM Rio Claro

Denúncia leva Guarda Civil a intervir em caso de negligência no bairro Jardim Bandeirantes

Na tarde da última quarta-feira, dia 29 de novembro, por volta das 15h, a viatura da Patrulha de Proteção Animal da Guarda Civil Municipal de Rio Claro deslocou-se até o bairro Jardim Bandeirantes em resposta a uma denúncia de maus-tratos a cavalos. No local, os guardas testemunharam uma cena alarmante que resultou no resgate imediato de equinos em situação deplorável.

O terreno, apesar de amplo e arborizado, revelou uma realidade chocante. Dentre várias baias, uma delas improvisada abrigava um único cavalo branco, visivelmente magro e sem acesso a alimentação adequada. Diante das condições críticas do animal, os guardas tomaram a decisão de recolhê-lo e encaminhá-lo ao Canil Municipal.

Ainda nas instalações, uma baia fechada, construída com placas metálicas, abrigava mais dois cavalos brancos. Um deles apresentava um estado físico igualmente debilitado, sendo também removido para o Canil Municipal para receber os cuidados necessários.

Os supostos tutores dos cavalos foram identificados e qualificados pelos guardas. Eles foram informados sobre a situação e as medidas que serão tomadas para garantir o bem-estar dos animais resgatados. A médica do Canil Municipal acompanhou a operação, atestando a urgência da remoção dos cavalos para proporcionar o tratamento adequado.

O caso foi formalmente apresentado no Plantão Policial, onde os tutores serão intimados a prestar declarações sobre as condições dos animais. A ação da Patrulha de Proteção Animal destaca a importância da colaboração da comunidade na denúncia de casos de maus-tratos, reforçando o compromisso das autoridades em assegurar o cuidado e a proteção dos animais.

Mais em Dia a Dia:

Esgoto: reparo interdita trecho da rua 04, no centro, nesta quarta (28)

Mutirão retira mais de 6 toneladas de possíveis criadouros de dengue

Caixa Federal lança concurso com mais de 4 mil vagas disponíveis