Close do mosquito transmissor da dengue em um braço humano. Imagem de jcomp em Freepik.

Não há registros de chikungunya, zika vírus e febre amarela

Com 86 novos casos de dengue, Rio Claro totaliza 438 confirmações da doença neste ano. As informações estão em boletim da Vigilância Epidemiológica, divulgado nesta quinta-feira (11), e que também aponta que não há casos neste ano no município de chikungunya, zika vírus e febre amarela, doenças que também são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

A Fundação Municipal de Saúde realiza trabalho preventivo nos bairros do município. São realizadas visitas casa a casa, vistorias em pontos estratégicos e nebulização. Porém, apenas este trabalho não é suficiente para combater o mosquito. É fundamental que a comunidade também faça sua parte.

O Aedes aegypti se reproduz em água parada. Por isso é essencial eliminar os recipientes e manter os quintais sempre em ordem, além de descartar corretamente os materiais.

Foto: Divulgação/PMRC.

Mais em Dia a Dia:

Sobrevivente de Orpinelli refaz a vida e lança projeto

Chega às bancas a nova JC Magazine