Samuel Henrique Camargo Monerato, de 12 anos. Foto: Arquivo pessoal.

Jovem de 12 anos tem paralisia cerebral e objetivo é arrecadar R$ 16.600,00 para compra de cadeira de rodas e outros equipamentos que auxiliam no tratamento

Uma família de Rio Claro, moradora do bairro São Miguel, luta para arrecadar mais de 16 mil reais para a compra de uma cadeira de rodas, além de órteses e uma tala extensora para o jovem Samuel Henrique Camargo Monerato, de 12 anos.

Link da vaquinha: https://www.vakinha.com.br/3692782

O menino, que nasceu em Hortolândia, veio ao mundo prematuro com 25 semanas e 690 gramas. Devido à gravidade do caso, foi transferido para um hospital em Campinas, onde lá foi constatado que ele teve paralisia cerebral. Não bastasse a luta pela vida, foi colocado para adoção pela mãe biológica e adotado aos dois meses pela rio-clarense Lessandra Camargo.

Foto da capa na íntegra.

Samuel nunca conseguiu andar e a cadeira de rodas é fundamental no dia a dia: “Devido ao desenvolvimento corporal dele, é necessária a troca da cadeira de rodas no máximo a cada três anos e isso tem um custo elevado, que não cabe no nosso orçamento. A solução que encontramos foi fazer uma vaquinha para conseguir junto à população o valor para a compra”, conta a mãe Lessandra Camargo. que complementa: “Meu filho é um guerreiro”.

O custo desse investimento é em torno de R$ 16.600,00 (valor que engloba a cadeira de rodas, órteses para os pés não atrofiarem e uma tala extensora para os joelhos). “Até o momento conseguimos apenas R$ 2.700,00 e corremos contra o tempo, pois a atual cadeira já está pequena para ele”, complementa Lessandra.

Mais em Dia a Dia:

Temperaturas seguem baixas até quinta (30)

Dia dos Bombeiros: a favor da população