A Câmara Municipal de Rio Claro não votou na sessão extraordinária desta quarta-feira (11) os projetos de lei que versam a Reforma Administrativa de cargos na Prefeitura de Rio Claro.

Um pedido de vista de um dia, equivalente a uma semana, foi apresentado pelo vereador Hernani Leonhardt (MDB), e aprovado pela maioria dos vereadores da base governista do prefeito João Teixeira Junior.

Com isso, a Reforma deve voltar à pauta na reunião de líderes na quinta-feira (12), quando será decidido se a proposta será votada na segunda-feira da semana que vem.

Confira reportagem completa na edição desta quinta-feira do Jornal Cidade de Rio Claro nas bancas.

Mais em Política:

Maioria do eleitorado de Rio Claro possui ensino médio completo

Confirmada visita de Bolsonaro a Piracicaba neste sábado