Um novo caso de maus-tratos e abandono de animal na região de Rio Claro é motivo de revolta dos protetores que lutam pela causa e de outras pessoas da comunidade.

A protetora Fernanda Petruskevic, moradora de Ipeúna conta que recebeu uma denúncia de um cão abandonado em um saco plástico na estrada entre Ipeúna e Charqueada. Quando chegou ao local, Fernanda percebeu que o animal ainda estava vivo, mas exalava mau cheiro. O animal foi levado para atendimento veterinário, mas devido às condições de saúde precisou ser eutanasiado.

“As pessoas são ignorantes. Por que não soltaram na rua? Se não pode cuidar, solta o animal, alguém pode pegar e cuidar. Mas não, fizeram essa maldade. Infelizmente ali não tem câmeras, então nem denúncia podemos fazer”, afirmou a protetora.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Petrobras reduz preço da gasolina em 4,8%

Fuvest 2023 abre inscrições nesta segunda (15)