As fotos eternizam momentos de grande emoção e amor para o aposentado José Eduardo Leite. Aos 92 anos, o odontólogo tem na família uma base sólida da qual ele tem muito orgulho. Pai de quatro filhos (Leila, Eduardo, Cláudia e Marcelo), esse avô de nove netos (Bruno Flávio, Lucas, Daniela, Thiago, Tatiana, André, Enzo e Luisa) e que tem também três bisnetos (Thomaz, Theo e Laura) vê nesta geração uma continuidade de uma linda história traçada pelo clã.

“Eu entendo que ser avô é ser a continuidade de uma família. O avô representa que a família continua viva. Por exemplo no meu caso, o meu avô que era jornalista e se chamava Eduardo Leite morreu em 1914 e eu, como seu neto, aos 92 anos, estou em 2022, aqui em Rio Claro assim como ele esteve nesta cidade e deixou sua contribuição. Portanto aquele que chega a avô numa família é uma bênção muito grande”.

No ano passado ele, que desde jovem foi apaixonado por poesias, teve duas perdas difíceis. Do filho Eduardinho e da esposa Lilian, uma companheira que ele fez questão de enaltecer nesta entrevista sobre uma data tão importante: “O Dia do Avô é o ‘Dia dos Avós’ e minha falecida esposa Lilian era extraordinária. Um devotamento enorme pela família. As netas então a adoravam e ela amava e cuidava de todos. Participava ativamente da atividade da família e sem dúvida curtiu cada momento ao lado dos filhos, dos netos e bisnetos. Sem dúvida todos sentem hoje a ausência dela”, reflete José Eduardo.

Viúvo, hoje ele mora com um dos netos na mesma casa que carrega muitas e muitas lembranças deles ainda crianças, na fase da adolescência e já adultos. Sempre que podem gostam de fazer reuniões e manter o elo da afetividade e das lembranças vivo. Muito sábio, fez questão durante a entrevista de deixar um recado para as famílias com netos e avós: “Muitas vezes as ideias do neto não se harmonizam com as ideias dos avós. O avô pode muitas vezes, pela própria idade, não se lembrar de muita coisa, não ter a mesma disposição. O ideal então é que o neto, por ser mais novo, busque um entendimento desta situação. Eu acredito que se um neto um dia chegar a ser avô, busque agora sempre a possibilidade de poder conviver com quem tem mais idade. Jovens e idosos em uma confraternização contínua. Isso vai ajudar e muito no futuro”.

Se seu José Eduardo Leite é um veterano no ‘Dia dos Avós’, um casal está fazendo a sua estreia este ano nesta data tão importante. Lu Bellagamba e Marco Antonio Bellagamba estão juntos há 36 anos e são pais de três filhos (Thiago que é casado com Ana Luiza, Victor casado com Larissa e Giovanna casada com Gustavo). As duas noras e a filha de Lu e Marco Antonio engravidaram com poucas semanas de diferença e de repente o mundo da família se transformou em ultrassons, chá-revelação e muita expectativa para a chegada dos bebês. Dois já nasceram! O primeiro neto a chegar, em junho, foi Antonio, filho de Thiago e Ana Luiza. Logo depois, apenas seis dias, o mundo dos avós ficou cor de rosa com o nascimento de Livia, filha de Victor e Larissa. Agora, em outubro, a expectativa é para a vinda de Vinícius.

“É muito difícil explicar a magia desse momento. Às vezes me pego refletindo, respiro profundamente e penso como tudo está passando rápido demais… Parece que foi ontem que vi os meus filhos pela primeira vez. Lembro-me dos partos, dos nossos ‘medos’, ‘ansiedades’ e ‘alegria’. Uma emoção muito forte que jamais esquecerei! A chegada de nossos netos nos fez reviver esses momentos, a realização de um sonho tanto meu quanto da Lu! É a sequência de nossa família, um sentimento muito intenso, que transborda nossos corações!”, disse o vovô Marco Antonio Bellagamba.

“Nos últimos tempos vivemos momentos inesquecíveis e muito marcantes que chegaram, até certo ponto, a confundir nossas cabeças pela proximidade das gestações… Mas nos possibilitou acompanhar e curtir cada momento. Eu sempre dizia que os netos viriam todos de uma só vez, e vieram mesmo!”, conta Lu Bellagamba.

A nova empreitada está apenas começando, mas esses avós já pensam no futuro e na herança que querem repassar para os netos Antonio, Livia e Vinícius: “Conversamos muito com nossos filhos, acreditamos que boa parte dos valores e ensinamentos que passamos para eles ao longo da vida será repassada para nossos netos, dentre eles: a importância da leitura e a necessidade da responsabilidade. A bondade, o companheirismo; lealdade; pontualidade e a valorização a Deus e à família acima de tudo também são fundamentais”, afirma Marco Antonio.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Papai Noel chega domingo no Parque Lago Azul