Carine Corrêa

Dion Lene Lopes Viana, de 24 anos, foi executado a tiros e seu corpo foi encontrado na manhã desse domingo no bairro Terra Nova. Segundo informado pelo 37º Batalhão da Polícia Militar de Rio Claro, quem fez o reconhecimento do corpo foi seu irmão, que reside no bairro Consolação.

Dion Lene foi encontrado às margens de um rio, nas proximidades da Rua 15 com Avenida 2, com perfurações na cabeça e na costas, causadas provavelmente por arma de fogo. “A perícia constatou seis perfurações no cadáver e também foi localizada nas suas vestimentas a quantia R$ 500 em dinheiro, que foi apreendida pelo plantão policial”, detalha a resenha policial.

Publicidade

A reportagem do JC esteve na cena do crime nessa segunda-feira, 22, e foi informada por uma jovem, que preferiu não se identificar, que Dion Viana já morou em Rio Claro, apesar do seu endereço mais atual ser de Cerquilho. “Ele chegou a morar na Rua 16, no bairro Terra Nova, próximo à casa de minha mãe”, disse. “O que todos estão comentando é que o motivo da morte esteja atrelado a alguma mulher”, especula.

Investigações

O delegado Alexandre Della Coletta, que comanda as investigações da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) da Polícia Civil de Rio Claro, informou que durante essa segunda-feira, 22, a equipe de investigadores concentrou seus esforços na busca por testemunhas. “As investigações prosseguem na busca pela autoria do crime. As testemunhas serão ouvidas nesta terça, 23”, disse. Com este caso, RC eleva o número de mortes violentas para 34 neste ano.

Mais em Notícias: