Filhote de tamanduá foi encontrado com queimaduras

Um filhote de tamanduá-mirim foi resgatado por veterinários da Prefeitura, vítima das queimadas em Araras. O animal que pesa seis quilos foi encontrado na região rural, com bolhas de queimadura nas patas e outros ferimentos por conta do ataque de um cachorro.

O socorro ocorreu por meio de trabalho conjunto das equipes do Canil Municipal e do Cras-Pró Arara (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres).

“Estamos preocupados com as queimadas em áreas próximas da cidade, onde existem animais silvestres”, disse o biólogo do Cras, Fábio Luiz Cassiano. Ele reforça que muitos animais estão em época de reprodução e que “o fogo pode matar os filhotes ou ferir as mães quando saem em busca de alimento”.

Segundo o Corpo de Bombeiros de Araras, a maior ocorrência de incêndio em vegetação acontece entre junho e outubro e os fatores que mais contribuem são as queimadas agrícolas, a soltura de balões e o tempo seco com ventos frios. O uso indiscriminado de queimadas em regiões rurais é considerado crime contra o meio ambiente.

Mais em Notícias: