Moradores do Distrito de Ajapi, em Rio Claro, estão preocupados com a situação da segurança na região onde vivem. Após mais um roubo de motocicleta ser registrado no distrito, a reportagem do JC foi procurada para expor a “falta de policiamento” no distrito. Na última terça-feira (4), uma mulher de 29 anos, que trabalha como entregadora de uma lanchonete, foi assaltada e teve sua moto roubada. Ela fazia uma entrega, por volta das 22h, quando foi surpreendida por dois homens armados.

Além deste caso, nas últimas semanas, outros crimes já haviam sido registrados no local. Segundo relatos de quem procurou o JC, há cerca de três semanas, uma outra entregadora havia sido assaltada de forma semelhante e também teve a moto roubada. Já, na semana seguinte, uma professora chegava para trabalhar, quando roubaram seu carro em plena luz do dia.

A situação vem gerando preocupação nos moradores do distrito, que cobram as autoridades por mais segurança.

“Estamos sofrendo com roubos por falta de policiamento em nosso distrito. Os roubos à mão armada têm sido constantes por aqui exatamente por essa falta de polícia nas ruas de Ajapi. Sempre que precisamos das forças de segurança temos que acionar e, até eles saírem com a viatura de Rio Claro e chegar até Ajapi, não têm mais o que fazer. Os moradores estão preocupados, com medo e inseguros”, relatou o morador de Ajapi que procurou a reportagem do JC nessa quarta (5).

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Segurança:

POLÍCIA: 21 metros de fios e cabos são furtados em Rio Claro

Autônomo sofre acidente ao cair em boca de lobo em Rio Claro