Água com odor gera queixas em Santa Gertrudes

60

Ednéia Silva

Ponto de captação de água para tratamento na lagoa de São Bento, que abastece a cidade de Santa Gertrudes (foto arquivo)
Ponto de captação de água para tratamento na lagoa de São Bento, que abastece a cidade de Santa Gertrudes (foto arquivo)

Os moradores de Santa Gertrudes utilizaram as redes sociais para reclamar sobre a qualidade da água na cidade. Nos últimos dias, água chegou às torneiras das residências com odor e gosto ruins. A Odebrecht Ambiental, responsável pelo serviço de água e esgoto no município, disse que o problema será resolvido em alguns dias.

O assunto foi discutido no programa Jornal da Manhã da Rádio Excelsior Jovem Pan nessa sexta-feira (5). O prefeito Rogério Pascon disse que tão logo soube do problema acionou a concessionária para verificar o ocorrido. Ele cobrou da empresa uma rápida solução do caso e alertou que novas ocorrências como essa não podem acontecer.

O gerente de Operações da Odebrecht Ambiental, Alexandre Leite, também participou do programa. De acordo com ele, a falta de chuvas causa oscilação nas condições da água bruta. Nesse caso, o problema aconteceu porque os rios e lagos secaram devido à seca e quando choveu a vegetação morta foi levada pela água, gerando o odor sentido em alguns bairros. Esse odor acaba gerando uma percepção falsa de que a água não é potável.

O gerente afirma que a empresa coletou amostras e fez análises internas e externas da água bruta e da água tratada. Os resultados comprovaram que a água está dentro dos padrões de potabilidade estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Alexandre afirma que o odor deve desaparecer em alguns dias, à medida que os reservatórios forem esvaziados. Porém, ele destaca que a água está dentro dos parâmetros físico-químicos e bacteriológicos do Ministério da Saúde.

Para ele, como Santa Gertrudes tem boa qualidade da água, qualquer alteração é facilmente perceptível. Ele pede que, nesses casos, a população acione a empresa pelo telefone 0800-771-0001 para que o fato seja devidamente esclarecido.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: