Ação de ladrões resulta em 265 motos furtadas e roubadas

118

Adriel Arvolea

moto
De acordo com o 37º BPM/I, a ação dos criminosos se dá, na maioria das vezes, com duas pessoas ocupando outra moto

Cristiano Domingos é mais uma vítima da violência urbana. A sua moto CG 125 Fan foi furtada em frente de casa. Financiada, continua pagando pelo veículo que nunca mais foi localizado. O caso reforça o número de ocorrências do tipo registradas em Rio Claro. Somente em 2014, já foram contabilizados 265 roubos e furtos de moto, segundo estatísticas do 37º Batalhão da Polícia Militar do Interior (37º BPM/I).

Desde então, Domingos adota medidas simples no dia a dia contra a ação dos criminosos, já que a moto é seu principal meio de locomoção, até como ferramenta de trabalho. “Hoje, só estaciono em locais movimentados e bem iluminados. Também, uso trava de segurança e alarme. Fui furtado uma vez, mas o suficiente para adotar hábitos para evitar situações como esta”, comenta.

De acordo com o 37º BPM/I, a ação dos criminosos se dá, na maioria das vezes, com duas pessoas ocupando outra moto, que esperam a oportunidade para abordar a vítima e anunciam o roubo. Dentre os modelos mais visados pelos assaltantes está a CG 125, com 96 casos neste ano. Domingos, por exemplo, tinha a 125 Fan.

Na tentativa de evitar a abordagem dos criminosos, confira dicas de segurança da Polícia Militar:

– Cuidado com a aproximação de outras motos, principalmente com dois ocupantes;

– Evite andar sozinho de moto;

– Evite passar por locais isolados e mal iluminados. Vias desertas atraem a atenção dos ladrões;

– Quando estacionar a motocicleta, use as trancas, deixe o capacete preso à moto e afaste-se;

– Instale alarmes e dispositivos antifurto (como sensores de corte de ignição e combustível acionado pela simples distância do condutor com a moto). Isso dificulta a ação dos criminosos;

– Opte por sair em grupos;

– Faça revisões periódicas para evitar imprevistos e não ficar na estrada;

– Tenha atenção com o nível de combustível;

– Tome um especial cuidado com cruzamentos e lombadas, principalmente à noite;

– Se você vir alguém mexendo em sua moto não se aproxime. Chame a polícia imediatamente;

– Se for vítima de roubo, não reaja! Faça movimentos lentos e desça da moto.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: