No fim, Velo Clube perde de virada por 3 a 2 para o Bragantino

89

Matheus Pezzotti

André Mococa no momento do primeiro gol do jogo, aos 30 minutos do primeiro tempo (Foto: Jonathan Alberti/Gazeta Bragantina)
André Mococa no momento do primeiro gol do jogo, aos 30 minutos do primeiro tempo (Foto: Jonathan Alberti/Gazeta Bragantina)

No final da manhã deste sábado (26), Bragantino e Velo fizeram um bom jogo pela 17ª rodada. O Massa Bruta pressionava e o Velo jogava no contra-ataque e abriu o placar aos 30 do primeiro tempo, com André Mococa, de cabeça.

No primeiro minuto da etapa final, Mizael recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. O Braga cresceu e aos 9, empatou com Edson Sitta, de cabeça. Aos 19, Judson, de fora da área, colocou o Velo à frente, mas aos 26, Sitta empatou e aos 42, do meio da rua, Alemão virou para os donos da casa.

Com o resultado, ao final do jogo, o Rubro-Verde segue no G-8, em sétimo, com 27 pontos e o Bragantino é o primeiro time a garantir a classificação para o mata-mata e assume a liderança, com 35 pontos. A rodada ainda terá mais jogos neste sábado e no domingo.

O Velo Clube volta a jogar na quarta-feira (30), às 20h, em seu último jogo desta fase no Benitão, contra o Santo André, pela 18ª e penúltima rodada.

FICHA TÉCNICA
BRAGANTINO 3 X 2 VELO CLUBE
Local: estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista
Campeonato: série A-2, 187ª rodada
Público: 8.841 pagantes
Renda: R$ 46.125,00
Gols: Bragantino: Edson Sitta (aos 9’2/T cabeça e 26’/2T) e Alemão (42’/2T). Velo Clube: André Mococa (30’/1T cabeça) e Judson (19’/2T)
Árbitro: Thiago Luis Scarascati
Assistentes: Fausto Augusto Viana Moretti e Denis Antonio Mistrelo
Cartões amarelos: Bragantino: Alemão, Éder Lima, Erick e Tartá. Velo Clube: Mizael e Luiz Henrique
Cartão vermelho: Velo Clube: Mizael (1’/2T)

BRAGANTINO
Rafael; Alemão, Douglas Silva, Éder Lima e Bruno Pacheco (Eron); Serginho, Erick, Edson Sitta e Vitor (Tartá); Élder Santana e Wallace (Júnior Timbó). Técnico: Léo Condé

VELO CLUBE
Rafael Pin; Mizael, Duda, Tiago Bernardi e Fandinho; Niander, Calixto, Luiz Henrique e André Mococa (Judson); Tom (Leleco) e Leandro Costa (Dedoné). Técnico: Luis dos Reis

Qual sua opinião? Deixe um comentário: