Viveiro do Daae recebe sementes para produzir mudas

99

Divulgação

Viveiro produzirá mais mudas
Viveiro produzirá mais mudas

O Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) de Rio Claro recebeu nesta semana um lote de sementes de espécies nativas da Mata Atlântica e do Cerrado Brasileiro, além de quatro mil embalagens para acondicionar as mudas em formação e equipamentos para o manuseio das novas árvores.

De acordo com Willy Werner Grassmann Bobbo, coordenador do projeto, as sementes recebidas são suficientes para, até o final de 2016, gerar cerca de 30 mil mudas no viveiro do Daae.

As sementes, doadas pelo Consórcio das Bacias Hidrográficas dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ), são das espécies guarita; peroba rosa; imbiruçu; figueira branca do brejo; marmeleiro; laranja-de-macaco, aroeira verdadeira; araçá roxo, entre outras.

Plantio

Segundo Willy Bobbo, até o final deste ano, parte dessas espécies de árvores já estará pronta para o plantio em áreas de preservação permanente, principalmente a montante das captações de água do Ribeirão Claro e do Rio Corumbataí.

As mudas de árvores serão doadas para serem plantadas em áreas de preservação permanente (APPs) da região, formada por Rio Claro e outros sete municípios que fazem parte do Consórcio Piracicaba/Capivari/Jundiaí.

Viveiro da autarquia

Desde a sua reativação, há cerca de seis anos, o viveiro do Daae já doou mais de 50 mil mudas para projetos ambientais, recuperação de áreas degradadas, recuperação de mananciais e de matas ciliares.

De acordo com a autarquia, parte das sementes utilizadas no supracitado viveiro é coletada nas matas do município de Rio Claro e da região. O objetivo é que o viveiro de mudas tenha cerca de 70 espécies diferentes para o reflorestamento.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: