Carine Corrêa

Dias antes de ser afastada do cargo de presidente, Dilma Rousseff sancionou no último dia 5 medidas que endurecem as punições previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Uma delas é quanto ao uso de celular ao volante. O aumento no valor das multas e a alteração das infrações passam a valer a partir de novembro deste ano.

Sendo assim, quem for flagrado falando ao telefone enquanto dirige, ou até mesmo manuseando o aparelho durante a direção, será multado a partir de novembro em R$ 293,47, referente ao novo valor de multas gravíssimas. Atualmente, a multa para quem for pego falando ao celular enquanto dirige é de R$ 85,13, referente ao valor atual de multa média.

Novos valores

A infração leve passou de R$ 53,20 para R$ 88,38. As infrações médias de R$ 85,13 para R$ 130,16. As graves tiveram um aumento de 52%: passaram de R$ 127,69 para R$ 195,23. Por fim, as gravíssimas subiram 53%: de R$ 191,54 passam a ser de R$ 293,47. As multas básicas não sofriam reajustes desde 2002.

Manuseando

A redação do código de trânsito incluiu a palavra “manuseando” para punir também quem manda mensagens de texto ou fica olhando as redes sociais ao volante. Multa será gravíssima, no valor de R$ 293,47.