A prefeitura de Rio Claro, por meio do Centro de Formação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, realizou levantamento inédito das árvores do Lago Azul. Com o objetivo de registrar as diversas espécies de árvores do Lago Azul e evidenciar a vasta biodiversidade existente no local, foi elaborado o Guia Prático das Árvores do Lago Azul.

“O Lago Azul tem grande potencial ambiental e recebe inúmeros visitantes diariamente. Esse levantamento é importante para conhecermos a biodiversidade de espécies do Lago Azul e com isso realizar trabalhos de educação ambiental com frequentadores e escolas de Rio Claro, através do Centro de Formação Ambiental”, destaca o secretário municipal de Meio Ambiente, Leandro Geniselli.

Para a criação do material que contém 124 páginas com fotos e informações de todas as espécies presentes no Lago Azul, a equipe do Centro de Formação Ambiental realizou minucioso trabalho durante seis meses, quando foram identificadas e catalogadas 1005 árvores nativas, frutíferas e exóticas de 106 espécies.

“A quantidade de diferentes tipos de espécies mostra o quanto é importante a preservação do espaço, o quanto a biodiversidade de árvores atrai aves para o local”, observa o coordenador da Sala Verde e supervisor do guia, Leonardo Andrade.

Disponibilizado em formato digital, o “Guia Prático das Árvores do Lago Azul” pode ser adquirido gratuitamente pelo link: encurtador.com.br/pqEGJ.

Vinte placas com QR Code foram colocadas em árvores do Lago Azul para que os frequentadores também possam acessar o guia a qualquer momento.

Para ter acesso ao guia, basta utilizar a câmera ou o leito de QR code do celular, e apontar para o código para baixá-lo imediatamente, de graça.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia: