Rio Claro: vacina contra a gripe apenas para grupo prioritário

406

Saúde

A vacinação contra a gripe em Rio Claro continua apenas para os grupos preferenciais determinados pelo Ministério da Saúde, que inclui crianças até cinco anos, profissionais de saúde, gestantes, puérperas e pessoas acima de 60 anos.

Quem faz parte desse grupo e ainda não tomou a vacina deve procurar uma unidade de saúde para se imunizar contra a doença. Todas as Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Saúde da Família realizam a vacinação nos horários normais de atendimento de cada unidade. A vacina também está sendo aplicada na sede do Sepa, que fica na Avenida 19, esquina com a Rua 10 e, nesse caso, o atendimento é das 9 às 15 horas.

Mesmo com a decisão do Ministério da Saúde liberando a vacinação para toda a população, o Estado de São Paulo decidiu não aderir à medida e continuará aplicando a vacinar apenas nos grupos prioritários. A Vigilância Epidemiológica da Fundação de Saúde de Rio Claro recebeu notificação oficial da Vigilância Estadual na segunda-feira (5), com determinações para se manter a campanha de vacinação apenas para o público-alvo.

Dados contabilizados até a sexta-feira (2) mostram que Rio Claro atingiu 79,08% da meta estabelecida, sendo vacinados 33.3045 pessoas do grupo prioritário. A meta é vacinar até a próxima sexta-feira (09) pelo menos 90% de 42.113 pessoas desse grupo. Em âmbito nacional a quantidade de pessoas vacinadas, pertencentes ao grupo prioritário, foi de 78,39%.

Os endereços e telefones das unidades de saúde de Rio Claro onde a vacina está sendo aplicada podem ser consultados pela internet no site www.saude-rioclaro.org.br/enderecos.htm.
Estados e municípios têm autonomia para seguir ou não a orientação do ministério. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, o Estado de São Paulo já vacinou 9,4 milhões de pessoas de um total de 10 milhões apontado como meta pela secretaria da Saúde.

1 COMENTÁRIO

  1. Acho um grande injustiça a Vigilância Estadual não aderir a determinação do Ministério da Saúde e não permitir que Rio Claro faça a expansão da vacinação, afinal, todos tem o direito de serem imunizados.
    Sem contar que depois sobram vacinas, o que serão feitas delas? Descartadas? Sendo que pessoas fora do grupo prioritário poderia ter se beneficiados!!!
    Descartam e lá se vai o dinheiro da população pro ralo novamente!!
    Todos pagam……poucos se beneficiam!! E assim caminha o Brasil….infelizmente!!

Qual sua opinião? Deixe um comentário: