Faleceu neste domingo (7) a professora Sandra Maria Dagnone Giannotti, 75 anos, por complicações da Covid-19. Ela havia sido internada no dia 4 de fevereiro após ser diagnosticada com o coronavirus.

Sandra atuou por 32 anos na rede pública de ensino, ministrando aulas nas escolas Armando Bayeux da Silva, Anglo, Irineu Penteado entre outras. Atuou também por 30 anos como voluntária na rede de combate ao câncer.

Participou por 15 anos da equipe máster de natação , ganhando muitas medalhas.

“O maior legado que ela nos deixou foi o amor, a alegria e o cuidado com o próximo, muito mais do que consigo mesma”, relata a filha Alessandra.

A professora deixa viúvo Celso Giannotti, as filhas Andrea e Alessandra e os netos Gabriela, Henrique, Carlos Eduardo e Letícia.

O velório ocorreu na manhã deste domingo (7) no cemitério Parque das Palmeiras e após, levado para o crematório no mesmo local.