Reservatórios: água de testes precisa ser descartada

66

Divulgação

O Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) de Rio Claro está colocando em operação novos reservatórios elevados. Os testes para garantir que os equipamentos mantenham a qualidade na água oferecida à população incluem o imediato descarte da água usada para lavar e tratar o interior dos novos reservatórios, como foi feito na Avenida Castello Branco.

Esse descarte não é desperdício, uma vez que a água é usada para uma finalidade muito específica e não pode ser reutilizada. Após a limpeza e tratamento interno dos reservatórios, essa água não é apropriada para consumo humano, animal ou para qualquer outra atividade, como por exemplo a irrigação de plantas, pois contém produtos químicos.

No teste também é avaliada a capacidade de carga dos novos reservatórios. Com a dispersão de produtos oxidantes, a água torna-se imprópria para qualquer tipo de reutilização.

A equipe técnica do Daae reforça que essa água não serve nem para atividades como molhar plantas e regar hortas, ou na limpeza pública, pois pode conter impurezas. Por esses motivos, o descarte da água utilizada nos testes deve ser realizado de forma controlada, como o Daae está fazendo.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: