Reformulação da rotatória da Av. 40 com Rua 14 tem início

169

Lucas Calore

Começaram os trabalhos do projeto de reformulação da rotatória da Avenida 40 com a Rua 14, na região do BNH, uma das principais vias de Rio Claro. A ampliação e remodelação também se prolongam aos acessos das avenidas 42 e 44.

Nessa quinta-feira (28), equipes fizeram o corte de 12 espécimes da praça que fica naquele trecho para viabilizar a execução dos serviços. As árvores eram seis ipês, duas grevilhas robustas, duas arecas-bambu, uma sibipiruna e uma graviola. As retiradas são feitas a partir de laudo autorizando a ação e, além disso, haverá compensação ambiental.

Setor de Meio Ambiente irá repor árvores após corte na praça, segundo secretário Sérgio Guilherme (Foto aérea: Bruno Leite)
Setor de Meio Ambiente irá repor árvores após corte na praça, segundo secretário Sérgio Guilherme (Foto aérea: Bruno Leite)

Trabalhos

O projeto da Prefeitura do município de Rio Claro concentra esforços das secretarias de Manutenção e Paisagismo, Mobilidade Urbana e Obras.

A reestruturação completa do local, que deve começar em breve, inclui a instalação de semáforos, em um trabalho similar ao realizado recentemente na rotatória da Avenida 29 com Rua 9, na zona sul.

De acordo com informações da administração municipal, como acontece nas demais obras viárias do município, os eventuais trechos interditados serão sinalizados.

Imagem do projeto preliminar da ampliação da rotatória divulgado pela Prefeitura de Rio Claro
Imagem do projeto preliminar da ampliação da rotatória divulgado pela Prefeitura de Rio Claro

Trânsito

Vale lembrar que na edição do dia 8 de abril o Jornal Cidade evidenciou em suas páginas os problemas no tráfego daquela região da cidade. Nos horários de pico, como no início da manhã, almoço e final de tarde, a concentração de veículos e pedestres no local é grande e o trânsito se complica em dias úteis.

Três dias depois de publicada a reportagem, um caminhão tombou ao tentar fazer a curva da rotatória.

1 COMENTÁRIO

Qual sua opinião? Deixe um comentário: