Faleceu nesta sexta-feira em Rio Claro, aos 88 anos, o Prof. José Carlos da Costa Custódio. Educador dos mais destacados, foi diretor da Escola Djiliah Camargo de Souza. Era também um dos maiores expoentes do movimento espírita rio-clarense, tendo atuado durante muitos anos como dirigente da Casa dos Espíritas, onde dirigiu e participou de inúmeros grupos de trabalho doutrinários.

O Prof. Custódio era exímio palestrante espírita. Em meados da década passada produziu um interessante compêndio sobre a História do Espiritismo em Rio Claro, da qual era profundo estudioso e pesquisador.
Em 2017, foi destaque do documentário Relato do Espiritismo em Rio Claro, promovido pelo Arquivo Rio Claro, através do Projeto Memória, que está disponível no youtube, no canal da autarquia.

“Uma pessoa que se dedicava aos semelhantes. Sempre disposto a confortar as pessoas sem fazer distinção. Um homem inteligente, estudioso, que deixa um legado de amor pela família, esposa, três filhas, e também pela sociedade. Ficam as boas lembranças e a saudade”, disse o amigo de mais de quatro décadas Paulo Sergio Chabbuh.

O velório do Prof. José Carlos Custódio está marcada para ter início neste sábado (8), às 09h15 no Memorial Cidade Jardim. O sepultamento está programado para às 13h15 no Cemitério Evangélico.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Sobrevivente de Orpinelli refaz a vida e lança projeto

Chega às bancas a nova JC Magazine