Preocupação com extinção de abelhas deve ser de todos

287

As mãos humanas mais uma vez estão causando danos ao meio ambiente e trazendo riscos ao equilíbrio na natureza. Desta vez, a grande preocupação é com as abelhas, que vêm tendo sua população dizimada devido às ações do homem.

O Prof. Dr. Osmar Malaspina, que é pesquisador da Unesp de Rio Claro especializado nas abelhas, falou à reportagem do JC sobre o delicado momento que estes insetos estão vivendo. Para Malaspina, há dois grandes fatores que colocam as abelhas em risco: “O primeiro ponto que contribui para a redução da população de abelhas é o desmatamento, já que com a retirada das matas os insetos acabam perdendo seus ninhos e também a sua fonte de alimentação, tornando-se impossível a sobrevivência da espécie. O outro fator preponderante para esta redução no número de abelhas é o uso de produtos químicos, em especial na agricultura. Os pesticidas usados nas produções afetam não só as pragas, mas também os outros insetos”.

O pesquisador ainda afirma que entende a necessidade do uso de alguns produtos na agricultura, mas pede alguns cuidados aos agricultores. “Não vou ser radical pedindo que o produtor não use nada em suas plantações, até porque ele precisa daquilo para sua renda. O que eu peço e que eles procurem algo que seja menos agressivo para o meio ambiente, em especial para as abelhas. Pode-se usar de meios biológicos para combater as pragas, manter um pouco de mata próximo às plantações para que as abelhas possam fazer seus ninhos e se alimentar, procurar produtos menos tóxicos e outras alternativas que não prejudiquem tanto”, afirma o professor.

Malaspina explica que a importância das abelhas é muito grande e, por isso, a grande preocupação com a redução da população: “Vamos ficar sem alimentos se elas deixarem de existir? Não. Vamos encontrar algumas dificuldades e ter maiores gastos caso isso aconteça? Certamente sim! As abelhas fazem parte da produção de alimentos e outros produtos que são consumidos em larga escala, então já sentiríamos aí a falta destes insetos. Além disso, as abelhas são importantes para a polinização e reprodução de muitas espécies vegetais, que acabariam deixando de existir ou diminuindo muito se estes insetos forem extintos”.

O professor ressalta que todos podem contribuir para evitar a extinção das abelhas: “Cada um pode fazer a sua parte diminuindo o uso de pesticidas e criando um ambiente favorável às abelhas”.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: