Fundação de Saúde e Santa Casa se reúnem para novo contrato

334

Saúde

Gestores públicos municipais, representantes da Regional de Saúde e da Santa Casa de Misericórdia afinaram entendimento para que o município de Rio Claro estabeleça o quanto antes um novo modelo de gestão na prestação de serviços à população pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “Vamos manter este diálogo com o único compromisso de ampliar os serviços de saúde aos que mais precisam”, afirmou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, durante a reunião realizada na tarde de quinta-feira (20), no Paço Municipal.

Para o presidente da Câmara de Vereadores, André Godoy, “Rio Claro vive um novo momento, com pessoas de coragem e imbuídas em fazer o que é preciso, de forma clara e transparente”.

Na próxima terça-feira (25), equipes da Fundação Municipal de Saúde e da Santa Casa de Misericórdia estarão reunidas para discutir o novo contrato de pactuação, que deverá ser baseado em um novo modelo de gestão, com pagamentos por produtividade e pela realização de procedimentos.

“A Santa Casa é fundamental para garantir ao município a integralidade do atendimento médico que a população precisa. Estamos ampliando o diálogo com a Santa Casa que é a referência no atendimento da saúde em Rio Claro”, ressaltou o secretário municipal de Saúde, Djair Francisco.

A diretora do DRS, Maria Clélia, se dispôs a auxiliar no que for necessário para a nova pactuação entre Fundação e Santa Casa. O diretor financeiro da Fundação de Saúde, Gilberto Brina, pontuou a necessidade de se ampliar o serviço oferecido hoje pela Santa Casa, bem como a proposta de se contratar a instituição também por custos de procedimentos a serem realizados.

O médico Marco Aurélio Mestrinel, representante da Santa Casa, também expôs a disponibilidade da instituição em firmar uma nova parceria com a saúde pública em Rio Claro.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: