Laura Tesseti

A Polícia Militar foi acionada a comparecer a uma escola localizada na região sudoeste de Rio Claro para atender uma ocorrência.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, os pais de algumas alunas, todas elas entre 12 e 13 anos, acionaram as autoridades após uma menor relatar episódios de abuso envolvendo um professor de 45 anos.

As vítimas relataram à PM que desde o início do ano letivo o fato vem ocorrendo e que a coordenação da instituição de ensino foi avisada e um registro interno foi feito, mas a Polícia Militar não teria sido acionada desde então.

No relato, devidamente registrado em boletim de ocorrência, as vítimas contam que o professor costumava cumprimentar sempre os meninos dando as mãos, já as meninas costumava ter contato na região dos ombros, passando a mão no cabelo, até chegar próximo à região dos seios.

DENÚNCIA

A denúncia teria acontecido após uma das alunas ser tocada pelo professor. A versão foi relatada aos pais, que fizeram contato com outras famílias envolvidas e foram até o local, acionando a PM.

O acusado teria sido questionado sobre sua postura e o mesmo negou. Levado ao plantão policial, onde a autoridade de plantão atendeu a ocorrência, um boletim de estupro de vulnerável foi feito e a voz de prisão foi dada.

AMEAÇA

Também do relato consta que as crianças não haviam denunciado o professor pois recebiam ameaças em relação a notas e pontos negativos.