Nutricionista orienta sobre cuidados com a alimentação em dias quentes

148

Laura Tesseti

O ideal é consumir de dois a três litros de água por dia; substituir o sorvete por picolé de fruta também é recomendado
O ideal é consumir de dois a três litros de água por dia; substituir o sorvete por picolé de fruta também é recomendado

Há cerca de um mês, a Primavera chegou trazendo não apenas as flores, mas também o calor. Os dias estão cada vez mais quentes e grande parte da população sofre com as altas temperaturas. Por isso é fundamental que diversos cuidados sejam tomados para que a saúde não sofra tanto com os dias quentes.

Bruna Denardi, nutricionista especializada em alimentação coletiva e segurança alimentar, explica que é preciso evitar o consumo de alguns tipos de alimentos específicos. “Devemos evitar o consumo de alimentos gordurosos, com muito molho e condimentos, prefira alimentos cozidos e grelhados. Dando preferência as verduras, legumes e frutas, pois além de serem fontes de vitaminas e minerais elas são de fácil digestão.”

Sobre os cuidados específicos para idosos e crianças, a especialista orienta a ingestão de muito líquido. “A Alimentação leve e balanceada deve ser ingerida em toda a faixa etária de vida do ser humano, porém com o calor a desidratação ocorre em maior proporção em idosos e crianças no qual devem ter uma atenção redobrada. A ingestão de frutas, verduras e líquidos ajudam os idosos e crianças passarem mais fácil pela estação.”

Para muitas pessoas existe a redução no apetite devido as altas temperaturas, mas a nutricionista recomenda não trocar refeições por sucos ou frutas. “Não devemos trocar as refeições principais por nada.Nas principais refeições consumimos alimentos de diversas fontes proteicas, vitaminas e minerais. Além de que sentarmos a mesa para saborear um prato de alimento a sensação de prazer é muito maior. Inclua frutas e sucos nos lanches decorrentes do dia.”

Denardi recomenda alguns cuidados básicos durante os dias quentes. “ É importante verificar se o alimento não esta estragado. Certifique se que o alimento esteja bem lavado evitando assim lesões gastrointestinais.”

A profissional fala que as viroses aumentam nessa época do ano e que muitas vezes a causa são alimentos contaminados por vírus ou bactéricas durante o preparo e também conservação. “Para evitar lave sempre as mãos, utensílios, cozinhe bem os alimentos, após as refeições conserve os na geladeira. Descarte alimentos preparados depois de dois dias”, finaliza a nutricionista.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: