Novos Rei Momo e Rainha do Carnaval de RC prometem muita simpatia e samba no pé

139

Valdira Guimarães Augusto

Nathália Helena Garcia e Renan Vinícius de Almeida vão contagiar os foliões nos eventos carnavalescos de Rio Claro
Nathália Helena Garcia e Renan Vinícius de Almeida vão contagiar os foliões nos eventos carnavalescos de Rio Claro

Rio Claro já tem eleita sua Corte Momesca para abrilhantar os eventos carnavalescos de 2015. Após cinco anos, um novo Rei Momo foi eleito, o auxiliar administrativo Renan Vinícius de Almeida que, aos 24 anos, 120 quilos e do alto de seus 1,82 m, se diz honrado com a conquista e promete não decepcionar os foliões. A Rainha, a estudante Nathália Helena Garcia, aos 19 anos realiza um sonho: se destacar no Carnaval e levar alegria ao público com muito samba no pé.

JC – Você nasceu em Rio Claro? Qual a sua identificação com o Carnaval?

Rei Momo – Sim. Bom, gosto muito de Carnaval e sempre por incentivo do meu pai, Haroldo de Almeida, que, entre outras passagens, integrou a comissão de frente da Grasifs.

Rainha – Sou rio-clarense e também sempre gostei de Carnaval, o meu sonho era sair à frente da bateria.

JC – Integram alguma escola de samba?

Rei Momo – Integro a escola A Casamba por uma questão de identificação. Fui para lá por influência de amigos e lá estou há três anos e sou muito bem acolhido.

Rainha – Quando era criança, gostava da Samuca, mas, com o passar do tempo, por volta dos 13 anos, passei a me identificar com a Grasifs-Voz do Morro. Na época, eu queira desfilar como passista, à frente da bateria, o que só consegui aos 18 anos, quando meu pai permitiu e saí como princesa da bateria. Mas uma amiga me levou em uma apresentação da Casamba e fui convidada pela diretoria para desfilar. Fiquei muito feliz e me identifiquei com a escola. Há dois anos estou na Casamba, ano passado desfilei como princesa da bateria.

JC – Foi a primeira vez que participou do concurso para escolha da Corte Momesca?

Rei Momo – Sim. A ideia começou como uma brincadeira, em um domingo na quadra da Casamba, quando eu disse que me inscreveria no concurso. De repente, na segunda-feira, meus amigos iniciaram uma campanha nas redes sociais e, na quarta-feira, efetuei a inscrição. Na verdade, estou estava meio envergonhado, mas, no dia do concurso, fui superconfiante.

Rainha – Sim. O pessoal da escola que me incentivou a participar do concurso e fiquei muito feliz.

JC – E no momento em que o resultado foi divulgado, qual a sensação?

Rei Momo – Ah, foi muita emoção! A Casamba foi uma grande torcida, eles chamavam ‘Reinan’ ‘Reinan’ e isso foi incrível. No começo, olhava para o lado, via o Alessandro Ribeiro e pensava que não teria chance. Ele é a cara do Carnaval de Rio Claro e as pessoas têm um grande carinho por ele.

Rainha – Felicidade plena! Sempre sonhei em me destacar no Carnaval, ser mais conhecida. E esse é apenas um passo de muitos que quero dar à frente. Ainda vou tentar a carreira de modelo.

JC – Você acompanha a disputa das escolas de samba em Rio Claro?

Rei Momo – Sim e considero a competição importante. Acho que, se não tivesse rivalidade, as escolas não teriam se desenvolvido tanto. Elas buscam por tecnologia e primam pela qualidade dos desfiles, mas ficou bem diferente do que era antigamente, pois ficou mais técnico.

Rainha – Sim. A competição aumenta a cada ano, assim como o desenvolvimento de cada escola, que está sempre em busca de melhorar. Se for de forma saudável, a competição pode ser um bom combustível para melhorar os desfiles.

 

JC – Como está o contato com as pessoas nas ruas após a coroação?

Rei Momo – Bom demais! Gerou muita repercussão, as pessoas me reconhecem e parabenizam. Percebo que as pessoas me olham nas ruas e acho que deve ser por isso. É muita responsabilidade e acho que há uma grande expectativa das pessoas no sentido de se irei frequentar todas as quadras. Podem ficar tranquilos, gosto muito de Carnaval e quero estar em todas as escolas de samba.

Rainha – Na primeira noite após o resultado do concurso, eu já não conseguia dormir, porque chegavam muitas mensagens no celular. E, nas ruas, as pessoas já me reconhecem e parabenizam.

JC – Mensagem final:

Rei Momo – Desejo que seja um Carnaval muito alegre e divertido para todos. Espero que a competição seja saudável e que Rio Claro tenha muita positividade, que as pessoas saibam se respeitar e aproveitem bem os dias de folia!

Rainha – Quero agradecer a todos que torceram por mim e me apoiaram, inclusive a maquiadora Ingrid Rozin, pela parceria. Vou procurar representar da melhor maneira possível o Carnaval de Rio Claro. Desejo que sejam dias muito alegres e que todos saibam aproveitar a folia, torcendo por sua escola e aproveitando os eventos carnavalescos!

Qual sua opinião? Deixe um comentário: