Entre os cuidados, o uso do álcool em gel é indicado para higienizar as mãos e diminuir os riscos de transmissão do vírus da gripe H1N1

Ednéia Silva

Entre os cuidados, o uso do álcool em gel é indicado para higienizar as mãos e diminuir os riscos de transmissão do vírus da gripe H1N1
Entre os cuidados, o uso do álcool em gel é indicado para higienizar as mãos e diminuir os riscos de transmissão do vírus da gripe H1N1

O aumento dos casos de gripe H1N1 fez aumentar a venda do álcool em gel nas farmácias. O produto é utilizado para higienizar as mãos e diminuir os riscos de transmissão da doença. Em alguns estabelecimentos o álcool está em falta e há dificuldade em comprar mercadoria com os fornecedores para reposição do estoque.

O funcionário de uma farmácia disse que a procura aumentou muito nos últimos dias. Tanto que o estoque da loja acabou e a prateleira está vazia. O proprietário tenta fazer nova compra para repor o estoque, mas o produto está em falta com os fornecedores.

Em outra farmácia o vendedor informou que a procura cresceu muito, mas a loja ainda tem estoque. Em outra loja, a funcionária informou que ainda existem algumas unidades, mas não há estoque do produto.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias: