Juninho diz que encontrou cidade de forma lastimável

1510

Município

O novo governo municipal completou nessa semana um mês de trabalho. Em meio à formação da equipe, que abrange um número menor de secretarias, o prefeito João Teixeira Júnior, o Juninho da Padaria, disse ter encontrado na prefeitura uma situação que considera lastimável.

“Na fase de transição nos foi passada uma coisa e agora, no dia a dia, estamos vendo que o município tem um quadro muito pior do que inicialmente se imaginava”, declarou. “A dívida de Rio Claro é milionária – perto dos R$ 400 milhões –, encontramos máquinas e veículos sucateados, vacinas e carnes estragadas, falta de dinheiro para pagar os salários de dezembro, a cidade cheia de buracos e mato, as estradas rurais abandonadas, construções de escolas e postos de saúde paradas, a fila de espera na saúde com quase 37 mil procedimentos, o sonho da casa própria virando pesadelo no Jardim das Nações, entregue no fim do ano passado”, apontou.

De acordo com Juninho, “isto demonstra a falta de seriedade com os serviços públicos e a indiferença no atendimento à população”. O prefeito diz que maior do que as dificuldades é a união no trabalho, pois acredita em sua equipe e no funcionalismo municipal. Ele lembra que o trabalho de recuperação da cidade já começou e pede um pouco de paciência aos rio-clarenses, especialmente com os buracos e mato: “Com as chuvas, fica mais difícil fazer os serviços”.

Na Saúde, a administração municipal iniciou tratativas para enfrentar as filas de espera para exames, consultas e cirurgias. Na Educação, um prédio foi alugado no Jardim Esmeralda para atender 200 alunos e contatos já foram feitos com o governo estadual visando restabelecer convênios para a construção de creches. “A Segurança também é uma prioridade do nosso governo e, por isso, buscamos aproximação com a Secretaria de Segurança Pública, pedindo mais policiais e novas viaturas, e colocamos nossa Guarda à disposição para um trabalho que devolva a sensação de segurança para as pessoas”, informou.

Economia

Novo governo de Rio Claro aposta nos cortes de secretarias e comissionados como ponto inicial para a recuperação econômico-financeira do município, que tem dívida de quase R$ 400 milhões. Prefeito diz que trabalho e seriedade vão vencer dificuldades. “Estamos agindo com seriedade e muito trabalho, de maneira a devolver aos rio-clarenses o orgulho de morar na Cidade Azul”, finalizou o prefeito.

8 COMENTÁRIOS

  1. Complicado mais fala em corte de gastos e aprova a criação de mais assessores para esses vereadores assim vai ser difícil enxugar a dívida da cidade.

  2. Eu acho que o atual prefeito acha que somos burros ou ignorantes em relação ao passado dele como vereador. Triste ver Rio Claro assim as cidades ao redor são mais novas praticamente a mesma população e cresceram de forma fantástica.

  3. é melhor ele ficar quieto, toda vez que ele fala alguma cai em contradição com suas próprias palavras…. ele fazia parte da prefeitura pois era vereador ajudou a criar essa divida, e agora como se não bastasse sancionou o aumento de assessores…..a taxa de energia que foi sua promessa de campanha ele já pulou fora… estou aguardando para ver qual sera a próxima… ainda não vi a verba do carnaval sendo utilizada na saúde alguém viu???

  4. O Juninho…Vc acha que ia encontrar a cidade como ? Vai usar de desculpa isso para não cumprir as promessas politicas… se tornando mais um Pinóquio ! E aí como fica a taxa de iluminação pública….

  5. Enxugou a máquina pública??? Não do ponto de vista das dezenas de assessores desnecessários enfiados nas secretarias… Infinito cabide de empregos. Seja homem!

  6. Tem um buraco na frente da minha residência desde novembro de 2016.

    Está difícil até sair com o carro. Virou criadouro de mosquitos por causa das água parada e logo a calçada e a guia irão quebrar também.

    Ligo toda a semana para a secretaria de obras e ouvidoria, mas nazda é resolvido.

    De para tampar um buraco é uma novela, imagina para outras coisas.

    Só prefeito ruim.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: