Nesta época do ano, com o calor e Horário de Verão, o número de praticantes de atividades físicas aumenta gradativamente

Matheus Pezzotti

Nesta época do ano, muitos aproveitam para viajar, principalmente para a praia, quando os atletas de fim de ano surgem, assim como os perigos de realizar atividades físicas a esmo e sem condicionamento.

“Isso é muito perigoso, não só ao sistema cardiovascular, mas na minha área, com lesões no menisco, ligamento cruzado anterior e colateral medial, porque o desequilíbrio depois da ‘bebedeira’ fica bem alto. A situação desse tipo de ‘atleta’ é ainda mais perigosa do que aqueles chamados atletas de fim de semana, porque não está acostumado a fazer atividade física. A areia fofa gera um desequilíbrio e as torções aumentam e é preciso tomar cuidado. Se não tem o hábito, é melhor praticar na parte com areia molhada, mais plana”, recomenda o Dr. Geraldo Granata Júnior, ortopedista especialista em joelho e membro do Grupo do Joelho da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

No entanto os cuidados não são exclusivos para quem vai à praia, mas para quem resolve fazer alguma atividade física principalmente para eliminar os ‘quilinhos a mais’, adquiridos nas festas de fim de ano. Seja nos locais apropriados para realizar caminhadas em Rio Claro, como a Avenida Ulisses Guimarães e Presidente Kennedy e o Lago Azul; atividades físicas nas academias ao ar livre, ou em esportes coletivos como o futebol.

Nesta época do ano, com o calor e Horário de Verão, o número de praticantes de atividades físicas aumenta gradativamente
Nesta época do ano, com o calor e Horário de Verão, o número de praticantes de atividades físicas aumenta gradativamente

“São pessoas que às vezes não fizeram uma avaliação cardiológica, extremamente importante para iniciar qualquer atividade física. O principal é ter essa avaliação e evitar exageros, de não querer eliminar esses quilos a mais adquiridos em um dia, e ter uma indicação apropriada para realizar esses exercícios. Caso contrário, pode resultar em lesões no joelho, quadril e tornozelos, que mais sofrem com o impacto das atividades, e até lesões musculares”, afirma o Dr. Valdir Natalino de Godoy, ortopedista, traumatologista e médico do Rio Claro Basquete.

Dr. Valdir ressalta a importância de evitar exageros na prática dos exercícios e começar progressivamente, e com atividades com baixo impacto para o corpo, como uma caminhada, ciclismo em locais planos e exercícios aquáticos, além de fazer alongamentos.

“Não pode querer eliminar todos os quilos ganhos no primeiro dia. Tem que ser de maneira gradativa. Sem um alongamento, o risco de lesão é muito grande. E isso vale não só para atividades aeróbicas, como ao realizar qualquer esporte. É importante frisar que no início não é superar a queima de gordura, e sim colocar o corpo em movimento e ter prazer em realizar o exercício. E também escolher um calçado adequado ao pé, um tênis, com amortecedor, para evitar lesões. Ter uma boa postura, para poder desenvolver os exercícios, e também a hidratação, principalmente nos dias mais quentes. Isotônicos garantem reposição da água e os eletrólitos perdidos pelo suor e, claro, beber água”, aconselha.

Além de eliminar o excesso de gordura adquirido, a realização de atividades físicas deve ter como objetivo a busca por uma melhor qualidade de vida, sempre com supervisão apropriada.

“As atividades físicas devem ser feitas com supervisão de maneira adequada para o fortalecimento muscular, como pilates e musculação, para evitar problemas de saúde e trazer benefícios para o corpo, como estético, mas principalmente com efeito de força e tônus muscular, flexibilidade e fortalecimento de ossos e articulações”, finaliza Dr. Valdir.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Saiba como denunciar assédio sexual sofrido no trabalho

Rio Claro vacina contra a Covid a partir das 7h30