Greve fecha maioria dos bancos em RC

149

Ednéia Silva

Cartazes foram afixados nas portas das agências informando sobre a greve. Em Rio Claro apenas Itaú e Bradesco abriram
Cartazes foram afixados nas portas das agências informando sobre a greve. Em Rio Claro apenas Itaú e Bradesco abriram

Os bancários iniciaram nessa terça-feira (30) um movimento grevista em todo o país. Em Rio Claro, os trabalhadores também aderiram à paralisação que fechou a maioria dos bancos na cidade. As agência do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, HSBC e Santander não abriram, somente Itaú e Bradesco funcionaram em horário reduzido das 13h às 15h.

A ideia é manter a mobilização nesta quarta-feira (1º). A diretora do Sindicato dos Bancários de Rio Claro, Silvana Anaruma, disse que a meta é fechar as agências do Itaú e do Bradesco do Centro e abrir somente as unidades da Avenida Visconde do Rio Claro em horário parcial, das 13h às 15h. Os trabalhadores se reúnem no Jardim Público a partir das 8h30 para receber informações sobre o movimento.

A greve a partir do dia 30 foi decidida em assembleia realizada em 25 de setembro, quando a categoria rejeitou a primeira proposta da Fenaban: reajuste de 7% para os salários e verbas e de 7,5% para o piso. No sábado (27), na oitava rodada de negociação, a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) elevou a proposta para 7,35% e 8%, respectivamente, mas a oferta foi novamente recusada por ser considerada insuficiente.

Até o final da tarde dessa terça-feira (30), a Fenaban não havia se manifestado sobre a paralisação. Os bancários organizam uma grande manifestação que será realizada nesta quinta-feira (2) na Avenida Paulista em São Paulo para protestar contra a independência do Banco Central, prevista em alguns programas de governo dos candidatos à Presidência da República. Lá será feita uma grande assembleia de rua pela categoria.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: